Menu

Banco Itaú Unibanco pretende fechar até 400 agências

Banco Itaú Unibanco pretende fechar até 400 agências

O processo acontecerá por etapas: metade nos próximos 12 meses e o restante no ano seguinte

O uso crescente de canais eletrônicos pelos clientes e a necessidade de ampliar a rentabilidade são fatores que pesam na intenção do Itaú Unibanco de fechar até 400 agências no Brasil, segundo noticiou a Reuters.

O banco afirmou em nota que “a redução do número de unidades físicas é um movimento de reposicionamento da rede de agências, coerente com as novas necessidades dos clientes e o aumento da procura por atendimento em outros canais como internet, celular e agências digitais”.

De acordo com a Reuters, o processo de fechamento das agências acontecerá por etapas: metade nos próximos 12 meses e o restante no ano seguinte.

Este ano, o Itaú Unibanco já fechou 77 agências e outras 57 unidades serão desativadas até 3 de junho, segundo o sindicato de bancários Contraf-CUT. “Vamos acompanhar de perto, em todo o Brasil, as realocações dos bancários", afirmou Ramon Peres, funcionário do Itaú Unibanco e membro da comissão de empregados em Minas Gerais, segundo comunicado da Contraf-CUT.

Nas últimas semanas, o Itaú Unibanco tem avisado os funcionários de agências sobre os planos de fechamento das unidades.

Segundo o banco parte do pessoal será aproveitados nas agências nas agências digitais, nas quais os clientes são atendidos de forma remota.

Até o final de março, o banco contabilizava 195 agências digitais em funcionamento, 35 a mais do que um ano antes.

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes