Menu

Informatica passa a integrar ecossistema da Capgemini e Pivotal

Informatica passa a integrar ecossistema da Capgemini e Pivotal

Parceria visa ofertar tecnologia de análise inteligente de grande volume de dados

A Capgemini, provedora global de serviços de consultoria, tecnologia e de terceirização, anuncia que a Informatica passa a integrar o conjunto de soluções de Business Data Lake, desenvolvido pela Capgemini e Pivotal. Clientes ao redor do mundo agora poderão aproveitar os benefícios do software de integração de dados da Informatica, combinado com a tecnologia de análise e aplicação de Big Data avançado da Pivotal e com o conhecimento de mercado e de implementação da Capgemini.

A Informatica entregará soluções certificadas para integração, qualidade e gerenciamento de dados (Master Data Management - MDM) a fim de auxiliar as empresas no máximo aproveitamento dos seus dados em estado bruto, transformando-os em conhecimento de negócio.

“A solução de gestão está revolucionando o mercado e redefinindo a maneira como as empresas abordam as suas informações de negócios. A certificação da Informatica, associada ao Pivotal Big Data Suite, permite que consigamos responder algumas das principais dúvidas sobre a informação atualmente: como aproveitar a explosão de informações e, ainda assim, manter-se no controle? Como se pode utilizar a nova geração de análise, com a garantia de que o dado utilizado é confiável? De maneira semelhante a um superbuscador, esta solução vai auxiliar na transformação dos clientes em corporações verdadeiramente orientadas por dados, com uma visão voltada para os negócios, sejam os dados estruturados ou não”, diz o vice-presidente global de Big Data na Capgemini, Steve Jones.

O conceito de Business Data Lake, originalmente desenvolvido pela Capgemini e pela Pivotal em dezembro de 2013, foi criado para fornecer uma abordagem unificada para a gestão da informação, incluindo relatórios e integração. A inclusão da Informatica à parceria trará diversos novos recursos para a arquitetura de Big Data, entre eles:

  • Centenas de conectores de alta velocidade e transformações pré-construídas que analisam, integram e limpam os dados para realizar, de maneira automática, a transformação dos dados em “insights” para o negócio;
  • Ambiente visual de desenvolvimento, regras reutilizáveis de negócios e modelos flexíveis de instalação capazes de acelerar a implementação de acesso aos dados, que ficam prontos para produção até cinco vezes mais rápido;
  • Qualidade e genealogia dos dados do começo ao fim, garantindo confiabilidade;
  • MDM para criar uma visão confiável de 360 graus da relação com os dados críticos.

A solução auxiliará os clientes na redução de tempo, risco e complexidade da implementação, além de entregar, simultaneamente, análise preditiva em tempo real, proporcionando agilidade para os negócios e redução de custos. Além disso, as empresas utilizarão tecnologia de código aberto, software líder de mercado e instalações baseadas em “cloud computing”.

Destilação de dados brutos

“Para implementar com sucesso o Business Data Lake, as empresas precisam operacionalizar todo o seu ‘pipeline’ de dados para que ele faça a destilação dos dados em estado bruto para se tornarem informação de alta qualidade”, diz Amit Walia, vice-presidente sênior e gerente geral de integração e segurança de dados da Informatica. “Estamos empolgados por fazer parte do ecossistema de Business Data Lake da Capgemini e da Pivotal. A Informatica acelera e simplifica a integração dos dados e o processo de governança deles, para que as empresas consigam rápido acesso aos ‘insights’ de negócios”.

“Na Pivotal, sempre acreditamos na construção de relações fortes e na oferta de novas soluções importantes para os nossos clientes”, explica o vice-presidente de produtos de dados da Pivotal, Sundeep Madra: “O Business Data Lake, inovação criada em parceria com a Capgemini, é um grande exemplo disso. E, agora, com a Informatica, o levaremos a outro patamar. Seguimos mostrando como a nossa estratégia está focada em auxiliar os clientes na geração de valor e na busca de parceiros que estejam alinhados com esse objetivo”.

O conceito é uma resposta às necessidades do mercado, já que as corporações estão procurando plataformas novas de gestão de informação, com boa relação custo-benefício, para conseguir extrair o máximo valor dos dados não estruturados e acessar análises em tempo real, fundamentais para conduzir a nova geração de aplicações. Isso está se tornando ainda mais crítico, com a busca das organizações por maneiras de criar novos serviços e desenvolver fluxos de receita via conhecimento orientado por dados.

As atuais soluções de Big Data são limitadas e não são amplas o suficiente para suportar grandes volumes de dados e recursos em tempo real, não atendendo os níveis exigidos de governança, qualidade e segurança. A tecnologia desenvolvida enfrenta estes desafios e auxilia no aproveitamento dos dados de uma maneira que faz sentido: individual e de negócios, em vez de focar apenas na visão única da corporação.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes