Menu

Pagamento do FGTS movimenta canais digitais de Caixa

Pagamento do FGTS movimenta canais digitais de Caixa

O banco registrou aumento do acesso dos clientes ao site e ao aplicativo App FGTS

Os canais digitais da Caixa têm sido os mais acionados pelos clientes beneficiados com o pagamento do Saque Imediato do FGTS, no valor de R$ 500,00, previsto na Medida Provisória 889.

Desde a edição da Medida Provisória, em 24 de julho, até o dia 17 de setembro, forma registrados mais de 76 milhões de acessos ao site da Caixa (fgts.caixa.gov.br).

O novo App FGTS, completamente remodelado para atender a MP 889/19, já conta com mais de 8,3 milhões de downloads e, neste momento, é o aplicativo mais baixado no Brasil nas lojas Apple Store e Google Play.

A central de atendimento telefônico da Caixa específica para o Saque Imediato do FGTS (0800 724 2019) atendeu, até esta terça, cerca de 31,5 milhões de ligações. Já a área específica do FGTS no site da Caixa teve mais de 51 milhões de acessos desde a edição da MP.

Considerando o FGTS e todos os demais serviços oferecidos pela Caixa, ao todo foram registrados mais de 68 milhões de transações/atendimentos no primeiro final de semana (dias 13, 14 e 15).

Nesse número estão incluídos o atendimento nas agências e guichês de caixa, atendimento Telesserviço e ainda as transações nos diferentes canais: autoatendimento; Banco 24h, lotéricas, internet banking/mobile, correspondentes Caixa Aqui.

Na comparação deste final de semana com a movimentação dos canais e serviços do 10º dia útil de agosto e o sábado e domingo subsequente, o número representou um crescimento de 85% no número de transações.

Os créditos dos R$ 4,97 bilhões nas contas poupança de mais de 12 milhões de trabalhadores ocorreram já nas primeiras horas da madrugada do dia 13.

“A cada duas semanas vamos liberar mais de R$ 5 bilhões. A Caixa está preparada para atender a população com tranquilidade nos mais de 55 mil pontos de atendimento em todas as regiões do Brasil”, afirmou Pedro Guimarães, presidente da Caixa.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes