Menu

Accenture promove mudanças na alta cúpula

Julie Sweet, nova CEO da Accenture Julie Sweet, nova CEO da Accenture

Julie Sweet assume o posto de CEO da companhia, no lugar de David Rowland, que será presidente-executivo

A Accenture informa que Julie Sweet assumirá o cargo de CEO da companhia em substituição a David Rowland, que ocupava o posto interinamente.

Atualmente, Julie Sweet é CEO da Accenture para América do Norte, a maior divisão geográfica da empresa, com faturamento aproximado de US$ 18 bilhões de dólares no ano fiscal de 2018.

Membro da equipe de liderança sênior da Accenture há quase uma década, a executiva teve papel importante nas estratégias de negócios e de investimento da empresa.

Antes de se juntar à Accenture, Julie foi sócia da firma de advocacia Cravath, Swaine & Moore LLP por dez anos.

Além de CEO, Julie será membro do conselho administrativo da Accenture. “Seu forte espírito de liderança para os negócios e capacidade comprovada para impulsionar resultados em nosso maior mercado de atuação fazem de Julie a pessoa certa para conduzir a Accenture para o futuro”, avalia Rowland.

Com a mudança, Rowland assumirá o cargo de presidente-executivo e Marge Magner, atual conselheira não-executiva, retomará a posição de líder do Conselho independente. As mudanças valem a partir de 1° de setembro deste ano 2019.

Em seu novo cargo de presidente-executivo, Rowland segue tendo um papel fundamental e ativo nos negócios da Accenture.

Ele irá presidir o conselho de administração, atuar como conselheiro de Sweet, além de estar envolvido na estratégia de negócios de longo prazo da Accenture, e continuará representando a Accenture junto a clientes do mundo todo e em grupos externos estratégicos.

Segundo a Accenture, não haverá mudanças nas perspectivas de negócios para o quarto trimestre e nem para o ano fiscal de 2019 feitas pela empresa em seu relatório de resultados do terceiro trimestre de 2019, divulgado no último dia 27 de junho.

 

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes