Menu

Editora Alto Astral reformula infraestrutura de rede com Fortinet

Editora Alto Astral reformula infraestrutura de rede com Fortinet

Com a substituição de duas unidades FortiGate 80C em cluster por um FortiGate 300D, empresa ganhou mais fluidez na execução dos trabalhos e produtividade

Segunda editora no Brasil em vendas avulsas e detentora de revistas (mensais e semanais) de circulação nacional, além de portais web em segmentos variados, a Editora Alto Astral estava enfrentando gargalos em sua infraestrutura de TI que decorriam de uma solução Fortinet de menor escala, já sobrecarregada quanto ao uso da memória, que dificultava o gerenciamento do ambiente de rede.

Para solucionar o problema, a empresa implementou um projeto - que teve início em julho de 2015 – para substituir duas unidades FortiGate 80C em cluster por um FortiGate 300D, um upgrade que proporcionou à editora realizar análises de rede, gerenciamento de link, controle de aplicações e fazer uso de recursos como antispam, antivírus, segurança de bancos de dados, prevenção de intrusão, gerenciamento de vulnerabilidades, filtragem web e VOIP.

“O equipamento que tínhamos não estava mais atendendo às necessidades da empresa, pois ficava sobrecarregado quanto ao uso de memória e, com isso, não era possível criar/alterar regras, usuários ou serviços. Como fizemos um upgrade de appliance, basicamente, todas as características da solução implementada nos atendiam, só que, agora, com melhor qualidade e também com um firmware mais novo e com novas funcionalidades”, explica Ubaldo Júnior, gerente de TI da editora Alto Astral.

Segundo Júnior, foi identificada uma considerável melhora em relação ao cenário anterior ao projeto em termos de demanda de links, produtividade dos colaboradores, implementação de novas políticas de controle de acesso, gerenciamento de rede e novos recursos. “Antes era preciso reiniciar o IPS monitor ou reiniciar os appliances FG-80C. A eficácia das soluções Fortinet, em conjunto com o conhecimento técnico do parceiro escolhido, que entendeu todas as demandas e gargalos que a Editora Alto Astral tinha no momento, foi fundamental para o sucesso do projeto”, conclui Júnior.

 Alguns dos principais resultados e melhorias obtidos foram:

  • controle de acesso dos colaboradores - aplicativos que interferem na produtividade dos funcionários e consomem muita banda foram restringidos por meio de técnicas de controle de acesso bem como bloqueio de sites maliciosos.
  • verificação de demanda de links - o consumo de internet pode ser gerenciado de forma fácil e eficaz.
  • agilidade na execução dos processos - colaboradores da editora tiveram ganho em agilidade.
  • ganho de produtividade - após o novo projeto a Alto Astral identificou um aumento de produtividade.
  • firmware atualizado e novos recursos - em comparação à solução anterior voltada para pequenas empresas, o FortiGate 300D oferece até 5 Gbps de proteção de próxima geração contra ameaças e 16 Gbps de taxa de transferência firewall, ideal para um Next Generation Firewall (NGFW) em empresas de médio porte.
  • gerenciamento mais tranquilo do ambiente de rede - adicionar Web Filtering, proteção contra ameaças avançadas ou Autenticação Forte para enfrentar desafios de ameaças persistentes avançadas (APTs) e BYOD (Bring Your Own Device).

“Estávamos restritos a um ambiente de rede limitado quanto às atuais demandas e aos recursos disponíveis, uma vez que o equipamento antigo já estava operando no seu limite há algum tempo. A implementação da nova solução foi planejada passo a passo, o que permitiu que tudo funcionasse perfeitamente e de forma muito tranquila para a empresa. Ao fim do processo, a empresa ganhou mais fluidez na execução dos trabalhos e produtividade em decorrência da nova arquitetura de TI Fortinet em parceria com a Safetyware”, conclui o gerente.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes