Menu

Resource aposta no Design Thinking para aprimorar produtos e soluções

Tim Brown, CEO da Ideo Tim Brown, CEO da Ideo

Empresa demonstrou metodologia como base da inovação durante o Ciab

Em 2009, Tim Brown, CEO da Ideo - empresa norte-americana consultora em design -, ficou mundialmente conhecido por compartilhar a estratégia que tornou a companhia uma das dez mais inovadoras do mundo. A partir de então, o Design Thinking passou a ser adotado por organizações de diversos segmentos e é visto como um método inovador de descoberta e desenvolvimento de valores e significados para projetos, serviços e produtos, além de ser uma forma eficaz de abordar e solucionar problemas.

Focada em oferecer o que há de mais inovador aos clientes, a Resource IT, multinacional brasileira integradora de serviços de TI, explorou o tema e passou a incorporá-lo em suas estratégias. O Design Thinking começou a ser utilizado para estimular novas ideias no Comitê de Inovação, formado por 30 profissionais que representam um time de 300 colaboradores focados em novas tecnologias, entre suas unidades do Brasil e dos Estados Unidos, tornando o desenvolvimento das soluções ainda mais próximo e adequado às expectativas dos clientes.

 “A inovação faz parte da cultura da Resource e o Design Thinking chegou para aprimorar o processo de desenvolvimento de produtos e soluções, principalmente porque conseguimos obter resultados rápidos e de forma assertiva”, afirma Jorge Sellmer, vice-presidente de Produtos e Inovação da Resource IT.

A teoria do Design Thinking busca perspectivas diferentes para resolver questões, priorizando o trabalho colaborativo em equipes multidisciplinares em busca de soluções inovadoras. De forma lúdica, os profissionais tornam-se mais capazes de se conectar e revigorar seus processos de criação e chegar a ideias que possam, efetivamente, solucionar um problema ou mesmo trazer um novo olhar para a tecnologia da informação.

A utilização da prática teve início no Centro de Pesquisa & Desenvolvimento da Resource no Vale do Silício, na Califórnia (EUA), inaugurado há um ano. Fabiana Batistela, diretora do núcleo, aprimorou seus conhecimentos na Universidade Stanford e replicou o conhecimento para a unidade brasileira. Hoje, 30 profissionais da Resource já estão prontos para a aplicação da abordagem e serão os responsáveis por disseminar a inteligência para seus respectivos times. O objetivo inicial é manter os 300 colaboradores envolvidos com novas tecnologias treinados para operar com Design Thinking.

De acordo com Fabiana, a cultura do Design Thinking ganhou força nos Estados Unidos e, principalmente, no Vale do Silício, onde estão concentradas grandes empresas responsáveis por novas ideias e descobertas no mundo da tecnologia. “Cientes da necessidade de transformação e com o compromisso em levar inovação aos nossos clientes, a Resource adotou o Design Thinking e os primeiros resultados positivos já começam a surgir”, ressalta.  

O Design Thinking possibilita à empresa maior objetividade e menor investimento na resolução de um determinado problema ou no desenvolvimento de um novo produto, gerando ganhos significativos à companhia. Como exemplo da utilização recente do procedimento, a Resource acaba de lançar a nova versão da solução Mobile Check. “Por meio do Design Thinking, conseguimos gerar melhorias na aplicação que podem aumentar em até 20% a produtividade nas atividades de vistoria apenas simplificando o uso do aplicativo por meio de protótipos e testes das possibilidades de erros e acertos antes de se iniciar uma fase de desenvolvimento”, antecipa Roberto Aran, diretor de Produtos e Inovação da Resource IT.

Para compartilhar o conhecimento e estimular o desenvolvimento de novas ideias, a Resource fez diversas sessões de 30 minutos durante o Ciab FEBRABAN 2015. Clientes, parceiros e demais interessados foram convidados a participar.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes