Menu

EMC apresenta soluções inovadoras para modernização dos núcleos de TI no Ciab FEBRABAN 2016

Carlos Cunha, presidente da EMC no Brasil Carlos Cunha, presidente da EMC no Brasil

Especialistas da empresa demonstram como as novas tecnologias podem ser replicadas no mercado financeiro

A EMC apresenta, no Ciab Feabraban 2016, os lançamentos da empresa que foram anunciados neste semestre. Um deles é o EMC Unity, uma nova família de sistemas de armazenamento que ajuda a simplificar e modernizar os datacenters. O Unity é o mais novo membro do portfólio totalmente flash da empresa, a oferecer armazenamento em file e block econômico, específicos para departamentos de TI de pequenos e médios portes.

Esse lançamento faz parte do portfólio de soluções da EMC voltadas à modernização dos núcleos de TI. O novo array de produtos permite não apenas entregas mais rápidas e eficientes, como, também, economia e melhores prazos de apresentação de sistemas completos.

Os meios de armazenamento estão mudando e o Flash – ou, em última análise, seu conceito de memória persistente – será o veículo dominante para armazenar dados. Essa tecnologia possibilita o desempenho exigido pelos aplicativos de última geração e, ao mesmo tempo, fornece um melhor desempenho e mais economia do que o oferecido pelo disco.

A arquitetura de muitos dos sistemas do datacenter moderno ocorre em scale-out (crescimento horizontal). Essa plataforma é necessária porque todas as empresas lidarão com clientes que irão gerar um volume de dados cada vez maior. O scale-out permite que a TI gerencie, com eficiência, enormes volumes com poucos recursos, de uma forma que os sistemas de scale-up (crescimento vertical) não conseguem.

Participações da RSA e VCE

A RSA – segmento da companhia dedicado à segurança de dados - atende as maiores empresas da área financeira, indústria e governo. A empresa lançou, recentemente, soluções que permitem que os gestores de TI detectem e rastreiem ameaças e invasões, em tempo real, valendo-se da tecnologia de análise em big data e analytics. Desta maneira, as ameaças de segurança são neutralizadas antes de comprometerem dados vitais às corporações.

Já a VCE – divisão da EMC voltada à infraestrutura convergente - traz o que há de mais relevante e inovador nos segmentos de cloud computing e infraestrutura convergente corporativa. Seus racks escaláveis e seus sistemas Vblock atendem aos picos de performance, reduzindo custos e instalação de sistemas e diminuindo efetivamente o “time to market” das companhias no mercado.

O software RackHD oferece M&O (Management and Orchestration, gerenciamento e orquestração) de hardware que automatiza a detecção, a descrição, o provisionamento e a programação em uma grande variedade de servidores atuais, além de um roteiro para adicionar dispositivos de rede no futuro.

A família de dispositivos VxRail reúne o melhor da EMC e da VMware, inclusive para serviços de dados e recursos de gerenciamento. O principal software hiperconvergente da VMware, que inclui o VMware vSphere, o vCenter Server e o VMware Virtual SAN, é simples, poderoso e um eficiente armazenamento definido por software integrado. Os dispositivos VxRail de armazenamento híbrido ou totalmente flash expandem e simplificam os ambientes VMware do cliente e oferecem excelentes vantagens em termos de capacidade e desempenho, em um HCIA simples, pronto para usar e facilmente dimensionável.

Por sua vez, os novos dispositivos hiperconvergentes VCE VxRail ampliam os benefícios característicos da infraestrutura convergente da VCE – maior agilidade, operações simplificadas e menor risco – para pequenas e médias empresas, departamentos ou escritórios regionais, visando a virtualização e casos de uso de computação do usuário final.

Os datacenters modernos são uma mistura de armazenamento de vários fornecedores, sistema de rede e servidores com uma crescente variedade de hardwares COTS (Commercial Off-the-Shelf, prontos para uso), sendo aplicados no aumento de casos de uso em hiperescala. A computação em nuvem é essencial para a transformação. “A computação em nuvem é fundamental para essa transformação. Por meio de produtos e serviços inovadores, a EMC acelera essa jornada ajudando os departamentos de TI a armazenar, gerenciar, proteger e analisar seus ativos mais valiosos (as informações) de um modo mais ágil, confiável e econômico”, afirma Carlos Cunha, presidente da EMC no Brasil.

 

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes