Menu

Quantidade de novas empresas cresce 1,4% em 2014

Quantidade de novas empresas cresce 1,4% em 2014

Foram criadas 1.865.183 novas empresas no Brasil, aponta Serasa

 

Dezembro registrou uma queda de 29,3% em relação a novembro

Em 2014 foram criadas 1.865.183 novas empresas no Brasil, de acordo com o Indicador Serasa Experian de Nascimento de Empresas. O número representa um aumento de 1,4% comparado com o montante de novos empreendimentos registrado durante todo o ano de 2013 (1.840.187).

No mês de dezembro, porém, surgiram 102.479 novas empresas no País – uma queda de 29,3% em relação a novembro. Se comparado ao mesmo mês do ano anterior, entretanto, houve acréscimo de 6,5%. De acordo com os economistas da Serasa Experian, a diminuição do número de empresas criadas em dezembro em relação a novembro é decorrência da sazonalidade adversa do período (festas de final de ano), o que acaba inibindo a decisão de abertura de novos negócios.

Tanto foi assim, que a baixa foi registrada em todos os segmentos: entre os Microempreendedores Individuais (MEIs), responsáveis por mais de 2/3 dos novos empreendimentos (66,5% do total), foram 68.187 novas empresas, contra 107.374 em novembro (queda de 36,5%). As Empresas Individuais registraram queda de 11,5% de um mês para o outro (12.465 em dezembro contra 14.092 em novembro). As Sociedades Limitadas registraram 14.367 empresas em dezembro, contra 16.011 em novembro (queda de 10,3%).

Segundo o estudo, das 1.865.183 novas empresas criadas no ano de 2014, 1.342.852 (72,0% do total) foram de Microempreendedores Individuais (MEIs), 189.809 (10,2% do total) foram de Empresas Individuais, 227.368 (12,2% do total) foram de Sociedades Limitadas e 105.154 (5,6% do total) foram de empresas de outras naturezas jurídicas. As MEIs vêm registrando aumento crescente desde o início da série histórica do Indicador – em cinco anos, passaram de pouco menos da metade do total de novos empreendimentos (49,0%, em 2010) para mais de dois terços deste total (72,0% em 2014).

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes