Menu

Santander Brasil lança academia corporativa

Santander Brasil lança academia corporativa

Foco é desenvolver pessoas que reinventem o jeito de ser e fazer banco, com base no conceito de coworking

O Santander Brasil acaba de lançar a Academia Santander, uma universidade corporativa que tem como objetivo desenvolver pessoas para reinventar o jeito de ser e de fazer banco. A academia dará ao funcionário uma visão transversal da organização e irá estimulá-lo a ser o protagonista de sua própria carreira. 

O modelo traz uma nova experiência de aprendizagem e representa uma ruptura na forma de aprender em ambientes corporativos. Um dos diferenciais é a opção pelo conceito de coworking – ambientes de trabalho compartilhados que se valem da diversidade de perfis e formações dos profissionais para aumentar a troca e a geração de conhecimento.

A Academia terá cinco unidades físicas, em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife e Porto Alegre, onde foram instalados 15 ambientes de coworking e 33 salas de aula. O aprendizado também se dará nos ambientes digitais, no hotsite que também terá a versão mobile, além do próprio local de trabalho. 

“Na Academia, nossos colaboradores terão condições de direcionar suas carreiras e de buscar novos desafios dentro da organização. A ideia é despertar em todos a vontade de participar dos treinamentos e o orgulho de concluí-los e acrescentá-los ao currículo”, explica Vanessa Lobato, vice-presidente de Recursos Humanos do Santander. 

Os treinamentos serão orientados ao desenvolvimento de conhecimentos críticos da organização e dos resultados das áreas de negócios. Com isso, os funcionários terão uma visão macro do funcionamento da instituição, com o objetivo de aperfeiçoar sua atuação e a qualidade do serviço prestado aos clientes. 

A executiva acrescenta que o novo modelo incentivará os próprios funcionários a serem propagadores dos conteúdos. “A multiplicação do conhecimento se dará no modelo 80x20, sendo 80% para multiplicadores internos e 20% externos. Tornar-se um multiplicador será algo desejável e aspiracional para os nossos funcionários”, afirma Vanessa. 

Haverá uma grade fixa na programação, mas a Academia também estará aberta para cursos específicos, de acordo com as necessidades das áreas. Os cursos serão presenciais e à distância, terão uma linguagem mais simples e moderna e alguns poderão ser acessados pela intranet, internet e mobile.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes