Mesa de Operações

Banco do Brasil


Clique na foto e veja a legenda

Plataforma única automatiza todas as fases de negócios da BB DTVM

Solução abrange registro, acompanhamento de ordens, precificação, simulações, compliance e gestão de carteiras

Rose Crespo

A BB Gestão de Recursos Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários apostou em um produto inovador que juntou em uma ferramenta única todos os processos na gestão dos fundos de investimento. A solução inclui boletagem nos mercados de renda fixa e variável e ferramentas de gestão e compliance, garantindo ganhos de eficiência e melhoria nos processos.

Especialista na gestão de recursos de terceiros e na administração de fundos de clientes do BB que hoje são superiores a R$ 730 bilhões, a distribuidora apostou no desenvolvimento de um software para a gestão de seu portfólio. Em parceria com a diretoria de tecnologia da instituição financeira, o software desenvolvido internamente automatizou todas as fases dos negócios no mesmo ambiente corporativo.

Segundo Fábio Castro Alves Ribeiro, gerente geral da Ditec do BB, “a abordagem de desenvolvimento com equipes de negócio – usuárias da solução e de TI que atuaram no projeto – facilitou o pleno atendimento das necessidades do cliente final”.

A solução – que inclui registro, acompanhamento de ordens, precificação, simulações, compliance, gestão de carteiras de fundos de renda variável, derivativos e multimercados – visa aumentar a competitividade, eficiência operacional e controles internos requeridos pela indústria de fundos de investimento. Além de reduzir custos, o projeto cria condições para o aumento no volume de negócios e elevar o controle dos riscos operacionais e legais.

Batizado de BB DTVM Solução de Gestão Integrada, o case foi o segundo prêmio efinance que o banco obteve neste ano na categoria Mesa de Operações. “A premiação reconhece o esforço das pessoas envolvidas no projeto que, durante três anos de desenvolvimento, acreditaram na relevância do trabalho. Uma premiação como essa serve como motivação para novos desafios”, afirmou Ribeiro.

Diferencial mercadológico

O software é apontado como um diferencial mercadológico ao reunir em uma plataforma única todas as soluções e ferramentas de gestão que conferem mais segurança e agilidade exigidos pelo mercado financeiro. Outros benefícios são a redução dos custos de manutenção, incremento da captação em segmentos sensíveis a controles, centralização das ordens e boletos negociais em ambiente único e a interface moderna.

A indústria de fundos é estratégica e continua crescendo, apesar da crise política. Pelo ranking da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima), o setor totaliza um patrimônio líquido de R$ 2,8 trilhões. Por isso, a distribuidora desenvolveu uma ferramenta para aprimorar a gestão e adicionar valor aos negócios. “Somos o único banco brasileiro que desenvolveu esse tipo de software inovador especificamente para o mercado local”, ressaltou Ribeiro.

Construída na arquitetura padrão do BB, o software garante economia com o desenvolvimento interno e incremento da eficiência operacional. Outro retorno positivo está associado à imagem da marca Banco do Brasil, que se posicionou bem no mercado, mantendo a liderança em recursos administrados de terceiros e na administração dos fundos de investimento dos clientes.