Aplicativo de Crédito

Bradesco


Clique na foto e veja a legenda

Bradesco libera crédito com assinatura digital no canal mobile

Com esse novo processo, banco espera ampliar a carteira de empréstimos, em razão da facilidade de contratação

Maria Lúcia D’Urso

A partir de junho deste ano, obter empréstimo pessoal no Bradesco ficou mais fácil. É que a instituição financeira colocou em prática o projeto Liberação de Crédito Pessoal pelo Cliente, da categoria Aplicativo de Crédito, vencedor do Prêmio efinance 2017.

Segundo José Roberto Mininel, gerente do departamento de TI do banco, a proposta dessa iniciativa é facilitar a obtenção de empréstimos pelo cliente a partir de canal digital. “Com isso, esperamos ampliar a carteira de empréstimos, em decorrência da facilidade de contratação”, assinala.

A nova sistemática de concessão de crédito pessoal é simples. O cadastramento da operação de empréstimos é realizado pela agência, cujos profissionais se encarregam de fazer o enquadramento das condições parametrizadas para liberação dos recursos.

“A operação propriamente dita fica a cargo do cliente, que libera o crédito em sua conta por meio do canal digital”, explica Mininel. Por enquanto, o novo processo foi implantado apenas no canal Mobile. Entretanto, a intenção do banco é disponibilizar essas facilidades nos canais Internet banking e Autoatendimento.

De acordo com o gerente do departamento de TI, um dos benefícios deste projeto é a desmaterialização de documentos (Cédula de Crédito Bancário - CCB). Isso é possível pelo uso da assinatura digital, um mecanismo seguro que eliminou a burocracia para assinatura e digitalização dos contratos físicos.

Com um custo aproximado de R$ 800 mil, o Liberação de Crédito Pessoal pelo Cliente foi desenvolvido em alta plataforma (mainframe) e na plataforma Open (Java).

O projeto foi construído em quatro meses. Passada essa etapa, levou um mês para ser homologado. Os testes foram realizados numa agência piloto com contratação monitorada.