Gestão do Desenvolvimento

Caixa


Clique na foto e veja a legenda

Ferramenta automatiza desenvolvimento de aplicativos

Com o SIOGP, o usuário pode criar e demonstrar em tempo real o protótipo dos produtos em várias plataformas

Inaldo Cristoni

Automatizar o processo de desenvolvimento, de forma a reduzir erros humanos e aumentar a produtividade e qualidade do software ou aplicativos gerados, é uma busca constante em uma organização. Esses objetivos foram perseguidos pela Caixa Econômica Federal com o uso da ferramenta SIOGP, sigla de Sistema de Geração de Protótipo Online.

O uso da ferramenta tem como objetivo permitir que os usuários criem e demonstrem, em tempo real, o protótipo do produto em várias plataformas. O ponto a se destacado, entretanto, é que com o SIOGP qualquer pessoa tem condições de montar os seus desenhos de telas e gerar em torno do 80% do produto, sem a necessidade do auxílio de um profissional de tecnologia.

De acordo com Cláudia Ferro dos Santos, coordenadora de TI da Caixa, a ferramenta SIOGP provê uma interface web para todos os dispositivos, como desktop, notebook, smartphone, iPad, tablet e smartv, para a criação de protótipos, que os usuários poderão testar e disponibilizar aos clientes para navegação.

“Dessa forma, os gestores de negócio poderão aprovar e a área de desenvolvimento poderá iniciar a construção, baixando o código gerado pela ferramenta”, explica.

Além de reduzir os custos de vários processos, o uso dessa ferramenta permite aumentar a produtividade e a eficiência das equipes técnicas envolvidas no desenvolvimento de aplicações. Segundo Cláudia, com o SIOGP é possível criar softwares para aplicações em diversas áreas, e não apenas para o setor financeiro. Outra vantagem é que, por ser aberto, o usuário pode baixar o código-fonte após finalizar o protótipo.

Vencedor do Prêmio efinance 2017 na categoria Gestão de Desenvolvimento, o projeto se destaca por facilitar o trabalho do desenvolvedor no que diz respeito à geração de protótipos no padrão visual estabelecido pela Caixa.

Aplicação difundida por todo o banco

Ele entrou em produção no mês de janeiro do ano passado, inicialmente para suprir a demanda da área de tecnologia. Entretanto, a sua aplicação está sendo difundida para todas as áreas do banco, através da Gerência Nacional de Arquiteturas de TI (GEARQ).

Os resultados obtidos com o uso do SIOGP corresponderam às expectativas. “Conseguimos reduzir o tempo de entrega de vários produtos, que demorariam um ano, para um ou dois meses”, ressalta Cláudia, acrescentando que, para o desenvolvimento do projeto, foram alocados seis profissionais, entre desenvolvedores e designer.

Além da agilidade no tempo de entrega de produtos, o uso do SIOGP otimiza os investimentos em hardware e software, proporcionando a efetiva integração de todos os ambientes de produção da Caixa. A ferramenta também simplifica as tarefas, permitindo a integração das plataformas e das aplicações, conclui Cláudia.