Analytics BI

, Published in Vencedores 2018

SERASA

Self Service BI com Tableau

 

 

 

 

Serasa muda ferramenta de BI e ganha agilidade nas tomadas de decisão

 

 

 Da Serasa Experian, Margarida Afonso, IT director; e Melissa Muniz, system analyst

 

Entre os benefícios da plataforma, está a automatização de rotinas de atualização sem intervenção da área de TI

Até o ano passado o processo de tomada de decisão da Serasa Experian era desafiador, principalmente porque a transformação dos dados em informações passíveis de serem analisadas demandava dias. As informações disponíveis na companhia careciam de agilidade na atualização ou então respondiam apenas parte das inúmeras dúvidas que um executivo possuía antes de fechar um negócio.

Fora isso, os executivos dependiam de outros setores da companhia, em especial o de TI, para encontrar o que precisavam, o que emperrava as tomadas de decisão. Hoje o cenário mudou. A empresa adotou uma ferramenta de Business Intelligence, implantada em janeiro deste ano, capaz de entregar os resultados de imediato e com segurança. Batizado de “Self Service BI com Tableau”, esse projeto, da categoria Analytics BI, foi contemplado com o  Prêmio efinance deste ano.

Um dos motivos que levou a Serasa a optar pela ferramenta é o fato de ela oferecer autonomia aos usuários, atendendo às suas expectativas sem a intervenção e dependência de outras áreas. Além disso, é capaz de trabalhar com alto volume de dados com foco em análise.

O objetivo do projeto foi proporcionar autonomia e agilidade aos times de negócios, na captação, criação e visualização dos dados, em formato de relatórios “Self Service”, de modo a ser um artefato decisivo na qualidade e no “time-to-market” da tomada de decisão executiva. Isso contribui com a perenidade, integridade e também com o aumento dos resultados da organização.

A Serasa já colhe os benefícios da implantação da nova ferramenta. Entre eles estão a simplicidade e rapidez na preparação do servidor, integração entre quaisquer fontes de dados disponíveis na empresa, automatização de rotinas de atualização sem intervenção da área de TI, segurança de informações, disponibilidade em dispositivos móveis e fontes de dados centralizadas.