Menu

Banco ABC Brasil registra lucro líquido recorrente de R$ 316,8 milhões

Banco ABC Brasil registra lucro líquido recorrente de R$ 316,8 milhões

Resultado, relativo a 2014, representa um crescimento de 22,6%

 

Carteira de Crédito Expandida encerrou o ano com saldo de R$ 20,6 bilhões

O Banco ABC Brasil atingiu lucro líquido recorrente de R$ 316,8 milhões em 2014, apresentando crescimento de 22,6% em relação a 2013 (R$ 258,3 milhões). No quarto trimestre de 2014, o lucro foi de R$ 82,2 milhões, o que significou uma redução de 2,2% em relação ao terceiro trimestre de 2014 (R$ 84,1 milhões) e crescimento de 17,8% em relação ao quarto trimestre de 2013 (R$ 69,8 milhões).

A variação do lucro líquido recorrente em relação aos períodos anteriores reflete, principalmente, o crescimento em todas as linhas de receitas: margem financeira com clientes, margem financeira com o mercado, garantias prestadas, banco de investimento e serviços, em contrapartida a uma maior constituição de provisão para créditos de liquidação duvidosa.

A Carteira de Crédito Expandida, que inclui as carteiras de empréstimos, garantias prestadas e títulos privados, encerrou o ano de 2014 com saldo de R$ 20,6 bilhões, registrando crescimento de 15,7% no ano e de 6,7% no trimestre. No segmento Corporate, empresas de grande porte com faturamento anual acima de R$ 500 milhões, o banco observou um aumento de 15,3% no ano e de 6,2% no trimestre. No segmento Empresas, companhias de médio porte com faturamento anual entre R$ 50 milhões e R$ 500 milhões, obteve crescimento de 18,4% no ano e de 10,2% no trimestre.

A qualidade da carteira continua elevada, com 96,5% das operações com empréstimos e 99,9% das operações com garantias prestadas classificadas entre AA e C ao final de 2014, de acordo com a Resolução 2.682 do Banco Central. Considerando as duas carteiras, o índice fica em 97,9%. O saldo da carteira de empréstimos ao final de 2014 foi de R$ 11.407,7 milhões, com um saldo de PDD de R$ 228,1 milhões. O saldo da carteira de garantias prestadas ao final de 2014 foi de R$ 7.940,3 milhões, com um saldo de provisão de R$ 11,2 milhões.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes