Menu

CAIXA é o primeiro banco a operar o Credmei

CAIXA é o primeiro banco a operar o Credmei

Voltado aos microempreendedores individuais, programa do Governo Federal busca simplificar o acesso a produtos e serviços junto aos bancos credenciados

A CAIXA é a primeira instituição a operar o Credmei, programa do Governo Federal voltado aos microempreendedores individuais que busca simplificar o acesso a produtos e serviços junto aos bancos credenciados. No Portal do Programa, os empresários podem fazer solicitações de forma eletrônica, utilizando seu computador ou smartphone para abrir contas e contratar cheque especial, cartão de crédito e máquina de cartão na CAIXA.

Segundo o vice-presidente de Clientes, Negócios e Transformação Digital da CAIXA, Valter Nunes, a participação do banco no Programa está alinhada a seu posicionamento estratégico de ser líder neste segmento. "A parceria da CAIXA reforça nosso compromisso de trabalhar para fortalecer os micro e pequenos negócios e demais empresas brasileiras, além de facilitar o acesso a serviços bancários para os empreendedores do país", comentou.

O Programa Credmei é uma estratégia da Subsecretaria Especial de Micro e Pequena Empresa, vinculada ao Ministério da Economia. O Credmei está disponível neste momento para as cidades de Brasília, Curitiba, Fortaleza, Manaus e Vitória. Em breve, a solução também estará disponível para outras cidades. A plataforma pode ser acessada no Portal do Empreendedor, no endereço http://www.portaldoempreendedor.gov.br.

Como acessar

O MEI acessa o Portal CREDMEI, manifesta sua intenção pelos produtos e realiza upload de documentos. As propostas são analisadas pela CAIXA, que pode solicitar informações e comprovantes de faturamento por meio do WhatsApp oficial do banco. Com a documentação em conformidade, a conta e os produtos são contratados, e o cliente comparece à agência apenas para assinar o contrato. Assim, o empreendedor economiza tempo e dinheiro, e pode se dedicar ainda mais ao seu negócio.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes