Menu

Kodak Alaris acrescenta dois novos modelos ao seu portfólio de scanners de produção

Kodak Alaris acrescenta dois novos modelos ao seu portfólio de scanners de produção

Equipamentos da série i5000 são direcionados aos BPOs e foram projetados para permitir um processamento mais ágil a um custo menor

Os centros de terceirização de processos de negócios (BPOs) enfrentam um dilema para atender às demandas dos clientes de processar documentos mais rapidamente e com menor custo. De acordo com um estudo realizado pela Accenture, 49% dos clientes de BPO esperam executar uma transformação em grande escala em seus processos de negócios nos próximos dois anos, e 60% deles acreditam que os atuais provedores de BPO não estão aptos a promover essa transformação. Por outro lado, 2/3 da indústria está concentrada em redução de custos.  

Pressões semelhantes estão apertando os bureaus de serviços e outros provedores de serviços de digitalização. Para ajudar a enfrentar esses desafios, a Kodak Alaris aprimorou seus scanners da série i5000, adicionando dois novos modelos: os scanners Kodak i5250 e i5650. Os novos equipamentos oferecem maior eficácia e confiança em velocidades de processamento mais altas, de 150 e 180 páginas por minuto (ppm), respectivamente, aumentando a produtividade.  

"Devido à magnitude da transformação digital em empresas, é fundamental que provedores de serviços continuem se expandindo, se aprimorando e agregando valor às ofertas de captura tradicionais", observa Anne Valaitis, Diretora de soluções e serviços de tendências de digitalização na InfoTrends. "Essas novas ofertas direcionadas, da Kodak Alaris, ajudarão os provedores de serviços a continuar em um ambiente sinergético moderno, enquanto fazem parcerias com seus clientes por mudanças ainda maiores".

As melhorias da série i5000 elevam o padrão dos scanners de produção

A nova geração de scanners da série i5000 possui vários recursos avançados que gerenciam de forma eficiente tarefas complexas e tipos de documentos. Os scanners foram criados para reduzir o trabalho de pré-digitalização, como preparação de documentos, e processamento pós-digitalização. Eles também possuem recursos para evitar exceções, que exigem ainda mais trabalho manual.  

"Muitos provedores de serviço estão no modo de economia de custos, mas nossa pesquisa indica que eles, na verdade, deveriam investigar nossas tecnologias para se diferenciar", diz Tony Barbeau, vice-presidente de Produtos e Soluções, divisão de Information Management da Kodak Alaris. "Provedores de serviços devem ajudar clientes a adotar novas soluções que acelerem a transição para processos de fluxo de trabalho mais avançados. Nossos novos scanners de produção foram criados para fazer, exatamente, isso. Vamos além da oferta de melhorias de velocidade e alimentação para satisfazer as necessidades de gerenciamento de informações de nossos clientes".

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes