Logo
Imprimir esta página

Hansen aposta em soluções de cobrança e gerenciamento de clientes

Hansen aposta em soluções de cobrança e gerenciamento de clientes

Ferramenta visa elevar a rentabilidade das operadoras de TV paga

As operadoras de Pay TV precisam de consumidores, mas para que seus negócios sejam rentáveis dependem de soluções eficientes para cobrança e atendimento, fornecidas por empresas totalmente focadas em seus mercados, que interpretem tendências e falem a mesma linguagem delas e de seus clientes. 

A Hansen Technologies tem procurado contemplar estas demandas. “As operadoras estão em busca de provedores de soluções de CRM & Billing que tenham experiência concreta em tornar suas operações mais rentáveis e que possam auxiliar seus planos de negócios de curto e médio prazo, mas não com uma visão parcial, e sim com uma visão que vai além do que o operador espera. Trata-se de uma ação para antecipar tendências de consumo de vídeo e enxergar o que os outros concorrentes não enxergam” observa Giovani Henrique, presidente da Hansen para a América Latina. 

O futuro das operadoras de TV paga passa pela implantação de serviços pré-pagos, para fazer frente ao ataque de empresas de streaming, como NetFlix e online, como o Youtube. 

No Brasil, diante da recessão econômica, o setor de TV por assinatura já perdeu quase 500 mil assinantes desde o início de 2016 (dados da Anatel). Alguns clientes aderiram aos modelos de serviços da NetFlix e outros estão optando pela TV aberta (gratuita).  

Pesquisa recente da empresa CVA Solutions mostrou que 6,3% dos assinantes pesquisados pretendem cancelar seu atual plano de TV paga nos próximos seis meses e manter ou contratar serviços de transmissão de filmes online. Outros 3,4% disseram ter a intenção de permanecer apenas com a TV aberta. 

Diante deste quadro, a Hansen Technologies oferece ao mercado soluções all-in-one para serviços múltiplos como TV, internet, voz e mobile, alinhados com uma arquitetura flexível, além de opções de faturamento para pré-pago e pós pago entre outros. Para OTT, a empresa conta com um suporte completo para gerenciar os consumidores on-line, incluindo captura de usuários, self-care, recursos “minha conta”, além de um extenso pacote de conteúdos on-line. 

Pay TV na América Latina 

No caso da América Latina, segundo a Digital TV Research (*), o mercado de TV paga mexicano tem tido um sólido crescimento devido à forte adoção de serviços pré-pagos. Acredita-se que nos próximos 5 anos o México terá sua posição fortalecida, alcançando 30% do mercado na região. Segundo analistas do setor, o Brasil, em 2022, deverá ter 25% desse mercado na América Latina, ficando a Argentina com 11%. 

Já em relação a OTT, o Brasil conta com aproximadamente 40 milhões de residências conectadas, o que representa um crescimento de 446% desde 2005. 

Em 2018 a expectativa é que o Brasil tenha mais de US$ 500 milhões em receita em OTT, ultrapassando o México ***, cuja receita estimada é de US$ 450 milhões. 

(*)Digital TV Research, março 2017

**emarketer.com

**Rethink research, fev 2016

 

Joomla SEO by MijoSEF
© Executivos Financeiros Todos os direitos reservados.