Logo
Imprimir esta página

BMC apresenta estratégia para multicloud

BMC apresenta estratégia para multicloud

Ferramentas permitem gerenciar de forma integrada ambientes de nuvens privadas, públicas ou híbridas, suportando o controle de custos e da segurança

Combinar sistemas internos com aplicações em várias nuvens, disponibilizar rapidamente novos serviços digitais e ainda preparar a organização para inovações como IoT (Internet das Coisas) foram alguns dos desafios atuais das empresas discutidos durante o evento BMC Exchange São Paulo, realizado recentemente. 

Na abertura do evento, Márcia Nakahara, country director da BMC Brasil, apresentou o panorama da transformação digital: “Vemos uma rápida adoção de tecnologias emergentes, como o segmento de M2M (machine-to-machine) com um crescimento de 20%. Vemos aplicações como dispositivos móveis para exames de sangue remoto, ou inspeção de ferro-velho com drones. Em setores como finanças, telecomunicações e governo, tradicionalmente mais dependentes de TI, já vemos os efeitos da Transformação Digital, que agora afeta praticamente todos setores”. 

A complexidade criada pelo multicloud e a necessidade de promover velocidade e inovação ampliam os desafios tradicionais e a pressão sobre as equipes de TI e as empresas. Embasada por soluções novas e amplificadas, a estratégia da BMC para multicloud atua como um guia de gerenciamento de nuvem e um patamar de medição para as empresas na migração para a nuvem, enquanto desenvolvem maneiras inteligentes de gerenciar seus ambientes híbridos com segurança, eficiência e economia. 

Para que o gerenciamento seja efetivo, o primeiro passo é conhecer os ativos que estão on-premise e os que estão na nuvem. Isso porque os ativos de TI não gerenciados levam à falta de controle sobre os custos e podem colocar a segurança da empresa em risco. 

“A chave para o gerenciamento multicloud é a automação”, afirmou Matt Selheimer, vice-presidente de Marketing da BMC. O executivo explicou como as ferramentas de discovery da BMC gerenciam de forma integrada ambientes de nuvens privadas, públicas ou híbridas, como AWS, Azure, OpenStack ou vCloud, com visibilidade das cargas e dependências. 

Durante o evento, foram também apresentadas soluções que simplificam itens como gestão financeira e segurança. O TrueSight Cloud Cost Control gerencia e analisa custos atuais e futuros, bem como a utilização de serviços de infraestrutura multicloud, fornecendo informações e controle sobre gastos operacionais e de capital. 

Ao combinar a visão do gasto com as infraestruturas on-premise e de nuvem pública, as empresas podem acompanhar e analisar os custos, identificando gastos excessivos e até mesmo prevendo gastos futuros. A capacidade de simular migrações para a nuvem pública e comparar os custos dos serviços on-premise e de nuvem pública assegura a execução das aplicações em uma infraestrutura mais econômica. 

Já o SecOps Policy Service integra testes de conformidade e segurança no ciclo de vida de desenvolvimento de software, de modo a permitir que os desenvolvedores executem verificações críticas sem afetar a inovação. A solução baseada na nuvem fornece verificação contínua, análise e governança para assegurar a proteção ao compliance, reduzindo riscos durante a criação de aplicações multicloud.

 Machine learning e IA

Como os ambientes multicloud são inerentemente mais complexos, os métodos antigos de gerenciamento de TI por exceção e monitoramento, por si só, não dispõem de capacidade suficiente e podem causar falhas e atrasos. Nakahara destacou como as tecnologias de Machine Learning e Inteligência Artificial dão base ao Gerenciamento de Serviços Cognitivos, tratando de dois pontos importantes: a complexidade do ambiente de TI e a pressão por agilidade e simplicidade nos processos de negócio. 

“O grande desafio agora é entender padrões de comportamento das pessoas, dos negócios, assim como dos dispositivos e sistemas que compõem o ambiente digital”, enfatizou a executiva. No Gerenciamento de Serviços Cognitivos, as plataformas de monitoramento e suporte são capazes de aprender os padrões, antecipar os eventos e criar automaticamente a solução, de maneira proativa. 

A empresa ainda trouxe seus principais especialistas, com foco em sete “aceleradores digitais”: Digital Workplace, Service Management Excellence, DevOps, Big Data, Security & Compliance, IT Optimization e Multicloud.

Joomla SEO by MijoSEF
© Executivos Financeiros Todos os direitos reservados.