Menu

Sompo Seguros investe em campanha de abrangência nacional

Criada pela agência REF+, ação usa humor para listar os atributos da marca e apresentar conceito de pertencimento da companhia de origem japonesa

 

A Sompo Seguros S.A, empresa do Grupo Sompo Holdings – um dos maiores grupos seguradores do mundo, acaba de estrear uma nova campanha publicitária em TV e mídias sociais. A iniciativa faz parte da estratégia de investimento em comunicação para fortalecer o reconhecimento da marca (brand awareness) e reforça o posicionamento da companhia como a seguradora faixa-preta. “A Sompo Seguros já vem no terceiro ano consecutivo com a evolução no processo de comunicação com o consumidor para ressaltar seus atributos de marca e valores como companhia, além de contar com a credibilidade, confiança e excelência na qualidade dos serviços prestados pela companhia para ter o suporte no momento que for necessário acionar o seguro”, destaca André Gouw, gerente de Marketing da Sompo Seguros.

Sob o mote “Conhece a Sompo Seguros?”, o filme no ar em TV aberta e fechada, em abrangência nacional, a partir de hoje, recorre a um jantar em família para ressaltar os atributos da marca e o conceito de pertencimento. No filme, um personagem carismático que, para começar a interagir e ser aceito pela família da namorada, pergunta ao sogro se ele conhece a Sompo Seguros, e, então, começa a dar dicas valiosas sobre os benefícios da seguradora japonesa, que tem mais de 130 anos de tradição e que já tem a aprovação dos seus clientes no Brasil.

A campanha

A exemplo da campanha do ano passado, a Black Door Filmes foi novamente a responsável pela produção do filme. Nesta primeira fase da campanha, o filme recorre ao seguro Residencial para destacar os atributos da companhia. Está prevista uma segunda fase, com uma nova versão do filme em que o seguro Automóvel vai conduzir o argumento da peça a ser veiculada. Desenvolvida pela REF+, a estratégia de mídia que engloba filmes de 30” e de 15”, com veiculação em canais de TV aberta e fechada, e uma série de ações no digital, com Google, Facebook, Instagram e YouTube. Os conteúdos nas redes sociais serão reforçados com o personagem principal da campanha dando dicas sobre como escolher a seguradora certa.

 De acordo com Renato Pereira, sócio e CCO (Chief Creative Officer) da REF+, a campanha combina dois elementos importantes da comunicação, que são os valores e o carisma da marca. “Para essa comunicação, buscamos reforçar os atributos da companhia e brincar com essa questão de ter alguém novo na família, como é essa recepção. Isso traduz o desejo da Sompo, que é o de ser uma marca que faz parte da vida das pessoas e que as ajude no dia a dia”, afirma.

 “Nossa campanha ressalta a confiança, que é um atributo muito relevante para o consumidor no momento da contratação do seguro. Essa mesma confiança, consolidada em segmentos corporativos que já reconhecem a Sompo Seguros como líder, a exemplo do segmento de Transporte, agora é intensificada na comunicação com o segurado por meio dessa nova iniciativa”, considera Fernando Grossi, diretor executivo da Sompo Seguros. “Os investimentos em comunicação nos anos recentes tiveram papel fundamental para dar suporte às estratégias de negócios da companhia. A presença da marca na mídia, aliado a uma estratégia de negócios focada em investimento em produtos inovadores e forte atuação comercial de nossa equipe junto aos mais de 26 mil corretores de seguros parceiros por todo o Brasil, foi crucial para fazer com que alcançássemos nossos objetivos de expansão da operação e aumento do market share em mercados estratégicos para diferentes ramos de produto”, conclui.

 

 

Leia mais ...

Em meio à crise do coronavírus, Thinkseg ajuda a economizar com o seguro automóvel

Com menos deslocamentos de motoristas pelas ruas, sistema dinâmico do seguro auto Pay Per Use reduz preço do quilômetro rodado em até 40%

 

Nesse momento difícil, em que os brasileiros só podem circular pelas ruas para comprar comida, remédios ou para ter acesso aos hospitais, o Grupo Thinkseg anuncia menor valor no seguro automóvel. Baseado no modelo de inteligência artificial, somado a uma decisão da empresa, o cliente Thinkseg passa a pagar entre 30% e 40% a menos no quilômetro rodado.

O seguro auto Pay Per Use (PPU – Pague pelo Uso) tem um sistema dinâmico. Diante da mudança de comportamento no deslocamento dos motoristas pelas ruas, houve a redução automática do preço de cada quilômetro (km) rodado. O desconto calculado está entre 30% a 40%. O preço de cada quilômetro é estabelecido, dentre outras variáveis, conforme o CEP de residência do motorista.

No PPU, o quilômetro com seguro pode custar, em média, 20 centavos, por exemplo, em algumas regiões do País. Quem cotar no site da Thinkseg, a partir desta semana, já vai ver os valores atualizados com o desconto automático. Para quem já é cliente, o valor do quilômetro, com o desconto, estará disponível no próximo mês.

A estimativa é de que esse seguro ofereça uma economia de até 60% no preço total do seguro automóvel pago pelos motoristas que usam pouco o veículo, quando comparado a outros produtos, do mesmo segmento, no mercado.

"Com a restrição das atividades, por conta do coronavírus (covid-19), as pessoas vão ganhar menos e querem reduzir despesas desnecessárias", explica o CEO do Grupo Thinkseg, Andre Gregori. "Estamos nos adaptando a uma nova realidade. Por isso, oferecemos um preço justo de seguro às pessoas. Quem usar o carro vai pagar o seguro com mais descontos neste momento", completa.

Ajuste dinâmico no preço

Por meio do aplicativo Thinkseg (app Thinkseg), é possível acompanhar o número de motoristas que estão se deslocando no País e, assim, ocorre o ajuste dinâmico do preço de cada quilômetro. "Quanto menor a locomoção de veículos, o preço do quilômetro cai. É o momento sendo ajustado ao bolso de cada um", diz Gregori.

Após a contratação do PPU, 100% online na Thinkseg, o motorista recebe o convite para fazer o download do app Thinkseg. Quando logado no smartphone do motorista, o app avalia o modo de condução do veículo por meio de sete variáveis: aceleração, velocidade, frenagens, viradas, uso do celular na direção, horário e local onde trafega. Segurado com bom comportamento no volante ganha pontos.

O modelo de seguro automóvel Pay Per Use foi lançado no Brasil em novembro passado, em parceria com a seguradora itialiana Generali. O seguro PPU é completo e aceita veículos com valor mínimo de R﹩ 20 mil e máximo de R﹩ 300 mil, presentes na tabela Fipe, de acordo com a política de aceitação da plataforma. Os modelos de autos podem ser nacionais e importados, com ou sem blindagem, em todo o território nacional.

Leia mais ...

Seguro habitacional: cobertura em caso de pandemia é excluída

A questão se enquadra na categoria dos chamados “riscos excluídos”, dos quais fazem parte, por exemplo, “pandemias oficialmente declaradas” – caso do Covid 19

Os mutuários que possuem financiamento habitacional não estão cobertos, no caso de morte por coronavírus, pelo chamado seguro de Morte ou Invalidez Permanente - MIP, constante nos contratos. O alerta é da advogada Daniele Akamine, da Akamines Advogados e Negócios Imobiliários e especialista em Economia da Construção Civil. Segundo ela, a questão se enquadra na categoria dos chamados “riscos excluídos”, dos quais fazem parte, por exemplo, “pandemias oficialmente declaradas” – caso do COVID19. Por isso, é importante o mutuário estar atento dessa situação.

 “O seguro de morte e invalidez permanente (MIP) tem como principal objetivo garantir a quitação ou amortização do saldo devedor de um financiamento imobiliário se houver um imprevisto coberto pela apólice. Por exemplo, se a renda de um dos beneficiários do seguro representa 60% do financiamento, essa parte seria garantida pelo seguro no caso de morte por motivos não enquadrados na categoria dos riscos excluídos”, explica.

 Daniele esclarece ainda que pessoas que têm um financiamento imobiliário e que perderam renda ou emprego nesse período devem ficar atentas, pois caso não consigam pagar três prestações do imóvel, o mesmo pode ser levado à leilão. “A situação é crítica e as pessoas devem focar no bem-estar e na saúde num momento como este, seguindo as recomendações das autoridades e órgãos de saúde. Mas por outro lado, não podem descuidar do financiamento imobiliário, pois podem correr o risco de perder seus imóveis”, alerta.

 A advogada dá algumas dicas para quem tem um imóvel financiado neste momento:

 • Caso tenha perdido renda, emprego, ou é um profissional autônomo e está com dificuldades de pagar seu financiamento, entre em contato com a instituição financeira e tente renegociar sua dívida;

 • Não deixe de pagar mais de três prestações seguidas do seu financiamento. Seu imóvel pode ser retomado pela instituição nesse caso;

 Akamines ressalta que é necessária uma política pública capaz de gerar empregos e renda, ainda mais agora, pois quando toda essa situação passar, as pessoas que perderam renda e seus empregos formais aumentarão ainda mais as estatísticas de desemprego do País.

 

 

Leia mais ...
Assinar este feed RSS

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes