Menu

Soluções fiscais da Sovos se integram ao ERP SAGE X3

Projeto liderado pela Ottech foi desenvolvido pioneiramente para mercado latino-americano

Um dos maiores desafios enfrentados pelas empresas é cumprir as exigências fiscais às quais estão submetidas e adaptar-se rapidamente a todas as mudanças, de forma a manter-se em compliance. Em um mundo cada vez mais globalizado, as organizações que estão presentes em diversos países encontram dificuldade redobrada: além de atender aos requisitos locais, é preciso criar uma padronização que permita acompanhar sua atuação na íntegra.

Foi com esse objetivo que a Sovos, líder mundial em tecnologia para tratamento fiscal, disponibilizou suas soluções fiscais à SAGE para integração com o ERP Sage X3: “Nós oferecemos a vantagem de integrar e uniformizar sistemas tributários em distintos países. Algumas empresas grandes têm um ERP no Chile e outro no Brasil, por exemplo, além de equipes de suporte diferentes para cada país, e não oferecem uma visibilidade padronizada para o time global. Elas até tentam criar um padrão, mas encontram bases de dados muito centralizadas localmente. Não basta ter o ERP, tem que comprar também a solução fiscal. É aí que a Sovos entra: atendemos nossos clientes com a mesma plataforma em todos os países. Com isso, eles ganham otimização de recursos, ponto único de contato, solução global on-premise e em nuvem”, explica Marcelo Juliano, head de Enterprise Alliances da Sovos,

Com sede em Jundiaí-SP e Buenos Aires/Argentina, a Ottech é hoje o maior parceiro SAGE do Brasil e por este motivo foi escolhida pela SAGE para liderar esta iniciativa. As equipes técnicas da Sovos, SAGE e Ottech têm trabalhado nos últimos meses para realizar esse processo via uma nova e moderna API da Sovos, que já está em implementação em um cliente piloto da indústria de alimentos, em São Paulo. “O desafio é fazer com que todos produtos da região LATAM se integrem. A plataforma S1 será concentrada em uma API padrão, permitindo que todos os parceiros se conectem no mesmo acesso. Com a mesma estratégia, será possível conectar outros ERPs, em distintos países. Neste ambiente, conseguimos testar, corrigir e desenvolver sem prejudicar o negócio do cliente, que segue operando normalmente” conta Juliano.

Soluções para desafios globais

No Brasil desde 2012, a SAGE chegou ao país pela aquisição da IOB e da Folhamatic, tornando-se líder na oferta de soluções de ERP. Parte da estratégia da companhia está em manter o foco exclusivo nos seus produtos cloud globais e expandir internacionalmente o SAGE X3, um ERP que tem atraído novos clientes devido a sua robustez e capacidade de otimizar custos operacionais. O crescimento da SAGE no Brasil conta com a criação de uma rede de empresas locais com capacidade e conhecimento para atender com excelência; graças a projetos bem-sucedidos em outros mercados internacionais, a Sovos é uma de suas maiores parceiras atualmente.

A expectativa da Sovos é que essa parceria ajudará a fortalecer ainda mais a presença da empresa no Brasil e sua expansão na América Latina: “O projeto está em desenvolvimento desde dezembro passado. Até o final de maio estará concluído no Brasil, em setembro nos demais países LATAM (Argentina, Chile, Peru, Colômbia). Com isso, encerraremos 2020 com todos os cerca de 150 clientes da SAGE habilitados na plataforma Sovos.”, afirma Marcelo. E não para aí: “Na sequência, estaremos capacitados para ser implementá-lo no mundo inteiro”, revela.

 

 

 

Leia mais ...

Startup lança app para garantir atendimento aos seus clientes idosos

A Prestho lançou seu aplicativo com intuito de oferecer mais um canal de atendimento humanizado com orientações aos seus clientes

Em meio a pandemia causada pelo coronavírus, serviços essenciais como serviços de pagamento, de crédito e de saque não podem parar e devem seguir determinações do Ministério da Saúde. Como forma de melhorar ainda mais o atendimento aos seus clientes idosos - grupo de risco do COVID-19 - empresas estão adaptando seus serviços para o meio digital para oferecer ainda mais segurança e tranquilidade para a terceira idade.

Hoje, mais da metade das pessoas com mais de 60 anos no Brasil já usa a internet e 1 em cada 3 faz uso diário, de acordo do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). Só para se ter uma ideia, em relação às finanças, 42% da simulação de empréstimo realizado por idosos acontecem fora do horário bancário e são frequentes simulações entre 1h e 5h da manhã - de acordo com levantamento recente da fintech Prestho (https://www.prestho.com.br/)- especializada em crédito consignado para terceira idade .

Com o isolamento social indicado principalmente para o grupo de risco, os idosos passaram a usar a internet ainda mais, utilizando apps e plataformas para resolver problemas do dia a dia. Nas últimas semanas, a Prestho lançou seu aplicativo com intuito de oferecer mais um canal de atendimento humanizado com orientações aos seus clientes. “Ao lançar o aplicativo queremos preservar os clientes que não podem sair de casa, oferecendo atendimento personalizado e uma solução para ajudá-los a resolverem problemas financeiros, caso tenham. Com o lançamento do app disponibilizamos uma nova forma de comunicação, um canal digital que oferece todas as informações que ele precisa, desde planejamento financeiro, cuidados com a saúde, estilo de vida, direitos do idoso, prevenção a golpes entre outros assuntos”, explica  Patrícia Soares, CEO da Prestho. 

Por 12 meses, a equipe de TI da Prestho fez um estudo para entender o comportamento deste usuário e adaptou a tecnologia para a terceira idade, lançando o primeiro app de crédito consignado para aposentados e pensionistas do INSS. O aplicativo está disponível para IOS e Android gratuitamente. 

Coronavírus faz governo mudar regras de crédito consignado para idosos

Segundo o secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Bianco, as medidas aprovadas recentemente têm por objetivo dar mais recursos aos aposentados e pensionistas para atenuar os efeitos da pandemia do coronavírus. O  conselho Nacional de Previdência reduziu, no último dia 17, o teto dos juros do empréstimo consignado dos aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Além disso, o prazo para quitar o consignado dos aposentados e pensionistas ficou maior. Agora, quem contrair o empréstimo terá até sete anos para saldar a dívida.

“Sabemos da responsabilidade que temos com os nossos clientes e estamos solidários com a crise. Agora mais do que nunca queremos estar à disposição para atendê-los. Reforçamos nossos canais de comunicação, nosso time trabalhando em home office e queremos levar informação de qualidade, segurança e orientações sobre possíveis golpes e fraudes que podem se intensificar ainda mais em uma momento delicado como este que estamos vivendo”, finaliza Patrícia. 

 

 

Leia mais ...

Sankhya cresce 50% em vendas por cinco anos consecutivos

Iniciativas como disciplina na aplicação de metodologias e conceitos e o investimento constante em inovação sustentam crescimento acelerado da companhia

Pelo quinto ano consecutivo, a Sankhya, desenvolvedora brasileira de sistemas de gestão ERP, registra um crescimento de 50% em vendas. O número, considerado muito acima da média, já que o mercado de TI, segundo a FGV, tem crescido cerca de 8% ao ano, é resultado de uma estratégia de diferenciação assertiva que a empresa passou a colocar em prática em 2015, com iniciativas em marketing, inovação e aplicação de conceitos e metodologias.

 Entre as principais ações do período está a implantação de conceitos, já consolidados mundialmente, para tornar a marca ainda mais atrativa, amada e desejada. “Passamos a amadurecer o nosso propósito perante colaboradores e mercado, que é transformar a sociedade por meio da gestão, ao ajudar nossos clientes no seu desenvolvimento, levando assim mais progresso às comunidades onde atuam, elevando os índices de geração de empregos, com o objetivo final de melhorar a qualidade de vida de todas as pessoas envolvidas”, diz Breno Riether, diretor nacional de vendas e marketing da Sankhya.

 O executivo cita também a criação de uma campanha chamada “Conheça sua Empresa”. “A ideia era fazer com que os clientes conhecessem nos mínimos detalhes a sua empresa, e como poderíamos ajudá-los nisso, tornando-os mais eficientes ao disponibilizarmos números sobre o negócio na palma da mão, para tomada de decisão”, afirma.

 Para Riether, a disciplina com que tudo isso foi executado, ajudou a transformar a Sankhya. “Nosso lema interno é casa de ferreiro espeto de ferro, ou seja, se queremos ajudar nossos clientes a melhorarem sua gestão, temos que primeiramente praticar o que falamos, por isso reestruturamos nossas metodologias comerciais e de gestão estratégica e aperfeiçoamos nossa eficiência operacional”.

 Em 2019, apostando alto na inovação das suas soluções, a Sankhya lançou o Sankhya Om, uma plataforma inteligente que conduz as empresas a aplicarem as melhores práticas de gestão de maneira disruptiva com base no EIP (Enterprise Intelligence Platform), que tem como objetivo ir além do ERP, trazendo uma tecnologia que aprende com o usuário, guiando os gestores para a melhor decisão.

 O Sankhya Om traz ainda a aplicação de Inteligência Artificial por meio da assistente virtual exclusiva da Sankhya, a BIA, que analisa e entrega dados em tempo real aos tomadores de decisão, e o Sankhya Place, um ambiente colaborativo que reúne em um só lugar todas as informações, aplicativos, pacotes e conteúdos disponíveis da plataforma para download, de forma rápida e simples.

 Todas essas iniciativas contribuíram para consolidar a Sankhya como uma das maiores e mais diferenciadas empresas brasileiras de soluções de gestão do país. “Conseguimos passar a mensagem que somos muito mais do que uma fornecedora de um ERP inovador, disruptivo e 100% web, mas sim uma parceira que entrega tudo o que as organizações precisam para se tornarem mais produtivas e lucrativas, em uma plataforma única de gestão”, explica Breno.

 De acordo com Felipe Calixto, CEO da Sankhya, o maior desafio tem sido manter o ritmo de crescimento garantindo o DNA da companhia. “Queremos ser high tech sem abandonar o high touch, ou seja, nossa meta é oferecer tecnologias de ponta e modelos inovadores, sem abandonar o carinho, a atenção e o acompanhando contínuo da evolução do negócio dos nossos clientes que é, sem dúvida, um dos nossos principais diferenciais competitivos”.

 

 

Leia mais ...
Assinar este feed RSS

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes