Menu

Meios digitais para transações financeiras se consolidam

Meios digitais para transações financeiras se consolidam

Porcentagem das operações via Internet e mobile banking é de 52%, aponta Febraban

 

Contratação de crédito por esses meios teve alta de 20% em 2014

Mais da metade (52%) das transações bancárias feitas no Brasil em 2014 foram realizadas via internet e mobile banking. Os dados são da Pesquisa Febraban  de Tecnologia Bancária 2014, que mostra a evolução da indústria bancária nacional, as principais tendências do setor e investimentos feitos em tecnologia. Segundo o estudo, atualmente 47% das contas ativas no País (51 milhões) realizam transações utilizando internet banking e 24% (25 milhões), smartphones.

Em mobile banking, houve um crescimento significativo no volume de movimentações financeiras em 2014 quando comparado ao ano anterior. Transferências, DOCs, TEDs e pagamentos de contas apresentaram incremento de 180%, totalizando 260 milhões de transações. Outro destaque foi a contratação de crédito, que registrou um aumento de 190% e chegou a 10 milhões de transações.

Já via internet banking, a pesquisa apontou um crescimento de 8% do número de transferências, DOCs e TEDs e de 11% no pagamento de contas. Juntos, esses serviços somam mais de 1,5 bilhão de transações. A contratação de crédito por esse meio também teve alta de 20% (representando um montante de 40 milhões).

Mesmo com as altas porcentagens de incremento, ainda há muito potencial a ser explorado, já que internet e mobile somam 20% do volume de operações com movimentações financeiras. "A consolidação do uso dos canais digitais é resultado de um investimento muito grande da indústria para garantir um ambiente seguro e oferecer interfaces cada vez mais amigáveis, melhorando assim a experiência dos clientes; ao mesmo tempo em que reflete o momento atual vivido pelo Brasil, no qual a melhoria do acesso à internet e a alta penetração dos smartphones, que deve chegar a 41% em sete anos, também possibilitam que os usuários tenham uma infraestrutura adequada para utilizar esses meios", explica Gustavo Fosse, diretor Setorial de Tecnologia Bancária da Febraban..

Embora se usam diferentes canais para a realização de transações, as agências bancárias continuam sendo importantes neste novo contexto. "As agências, de fato, ganham um novo papel no atual cenário e passam a ser mais consultivas. Muitos clientes procuram seus gerentes para saber mais sobre novas oportunidades de investimento e serviços que podem ser contratados, com base em seus perfis", destaca Fosse.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes