Menu

CVM e Anbima fecham parceira na área de fundos imobiliários

CVM e Anbima fecham parceira na área de fundos imobiliários

Negócio permitirá otimizar processo de análise das ofertas públicas

 

Objetivo é subsidiar a autarquia na avaliação da concessão de registro

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) formalizaram, em 16 de dezembro de 2014, parceria que permitirá otimizar o processo de análise das ofertas públicas de fundos imobiliários.

Assinado por Leonardo Pereira, presidente da CVM, e Denise Pavarina, presidente da Anbima, o 3º aditamento ao convênio firmado entre as instituições possibilitará que os emissores encaminhem seu pedido de registro de oferta pública e constituição de fundo de investimento imobiliário para verificação prévia da Associação. O objetivo é subsidiar a Autarquia na avaliação da concessão do registro e da autorização da constituição do fundo de investimento imobiliário ofertado, com a elaboração de relatório acerca da adequação do pedido às normas específicas: as Instruções CVM nº 400/03 e 472/08.

“Já temos uma bem sucedida parceria para análise prévia de ofertas de outros produtos. Agora, com os fundos imobiliários, esperamos colaborar para que esse segmento, que cresceu tanto nos últimos anos, possa aproveitar melhor as oportunidades de mercado”, comenta Denise.

Desde 2008, a CVM e a Anbima mantêm convênio para análise prévia de ofertas de debêntures, notas promissórias, follow-on de ações, certificados de depósito de ações e bônus de subscrição. Os Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI) e as letras financeiras foram incluídos no convênio em 2012. Desde que o convênio foi estabelecido, a Anbima já analisou 141 ofertas públicas.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes