Menu

LCI e LCA devem ganhar força em 2017, aponta Concórdia Corretora

LCI e LCA devem ganhar força em 2017, aponta Concórdia Corretora

Uma das vantagens para o investidor que troca um CDB por esses ativos é a isenção de Imposto de Renda, o que pode tornar a rentabilidade mais atrativa

A queda na taxa básica de juros e sinalização de novas reduções tem levado as instituições Financeiras a buscarem a renegociação dos créditos vencidos. O equilíbrio desse fator poderá viabilizar uma expansão na carteira de crédito e uma captação direcionada para ativos com um custo de funding menor, como é o caso da a LCI e LCA. Em 2016, esses produtos estavam escassos pela falta de lastro, ocasionado pela alta inadimplência e a desaceleração econômica.

 “O movimento de queda dos juros abre espaço para que os bancos de médio e pequeno porte busquem formas de equacionar o seu custo de funding. Já existe uma substituição das linhas de DPGE-I pelos CDBs com prazos mais dilatados, captada via distribuidores. Ao longo de 2017, veremos o direcionamento dessas linhas de CDBs para captação de LCA/LCI, que apresentam um custo de funding bem menor para as Instituições Financeiras”. Movimento que poderá ser sentido no 2º semestre de 2017 destaca o gerente de investimentos da Concórdia Corretora, Mauro Mattes.

Uma das vantagens para o investidor que troca um CDB por uma LCI ou LCA é a isenção de Imposto de Renda, o que pode tornar a rentabilidade mais atrativa. Segundo Mauro, outro movimento esperado em 2017 é a expansão das ofertas de LCA pelo sistema de Cooperativas de Crédito, que já apresentaram incremento nas emissões no ano passado.

 O crescimento nas emissões de CRA no ano passado e início de 2017 também deve trazer uma competição de taxas entre os títulos privados corporativos e de Instituições Financeiras, já que ambos contam com a isenção de imposto de renda para a pessoa física.

 Segundo dados da Cetip e da BM&FBOVESPA, o estoque de LCI em dezembro de 2016 era de 202 bilhões, o que representa 51% do total. No mesmo período, a LCA tinha um estoque de 189 bilhões, equivalente a 49% do volume total.

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes