Menu

Banco Intermedium muda de nome e cria nova marca

Banco Intermedium muda de nome e cria nova marca

Instituição financeira passa a se chamar Banco Inter. Reposicionamento da marca corporativa também inclui uma nova identidade visual e logotipo  

O Banco Intermedium passa a adotar o nome Banco Inter. Após 23 anos, a instituição financeira modernizou sua marca corporativa motivada pela evolução do banco que, atualmente, é o único no mercado com conta corrente digital totalmente gratuita e um dos pioneiros na modalidade digital. O reposicionamento da marca corporativa também incluiu uma nova identidade visual e logotipo.

“O Banco Intermedium evoluiu profundamente nos últimos anos e, por essa razão, decidimos reformular nossa marca, de forma que mostrasse nossa capacidade de oferecer tudo o que o cliente precisa, mantendo, ao mesmo tempo, nossa característica contemporânea e moderna”, afirma João Vitor Menin, presidente do banco. “A nova marca também traduz este novo momento da nossa trajetória de democratizar o acesso ao sistema bancário no País e mudar a forma como as pessoas pensam e se relacionam com os bancos”.

O reposicionamento da marca (rebranding) foi feito para encontrar um nome mais condizente com a proposta atual do banco e para definir como ele se posicionaria no mercado, já que não se enquadrava apenas nas definições de um banco tradicional. Além disso, o nome Intermedium, em latim, já não condizia com a inovação entregue pela instituição e apresentava outros problemas, como, difíceis pronuncia, escrita e aplicação da marca.

O projeto de reformulação da marca foi conduzido após um estudo de branding e de pesquisa etnográfica. Por meio de um diagnóstico amplo que envolveu entrevistas com os principais públicos do banco, chegou-se à definição de que o Intermedium era um banco para todos, digital e com o propósito de democratizar os serviços bancários.

“O estudo de branding nos mostrou que já quebramos paradigmas no conceito de banco, ao apresentar o melhor de dois mundos: tradição de um banco e inovação de umafintech”, destaca Menin. “Também nos mostrou que a utilização do nome Banco Inter, prefixo do nosso nome anterior, possibilitaria preservar a história e uma transição sem ‘traumas’. O fato de os nossos clientes já apelidarem a instituição de forma carinhosa como Banco Inter corroborou nossa decisão”, conclui o executivo.

A marca Banco Inter estará, também, exposta no espaço do peito e costas da camisa do time do São Paulo Futebol Clube a partir de domingo (11.06). A instituição financeira é patrocinadora do SPFC até 2020. O Banco Inter possui, hoje, 170 mil correntistas digitais e a meta é chegar até o final do ano com 350 mil clientes e 1 milhão, em 2018.

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes