Menu

Cargo X reestrutura operação no setor de agronegócio

Cargo X reestrutura operação no setor de agronegócio

A startup vai oferecer R$ 300 milhões em capital de giro para pequenas e médias transportadoras até 2020

A Cargo X promove uma reestruturação em suas operações no agronegócio. A startup pretende ter uma atuação mais focada nas transportadores do setor, principalmente nas de pequeno porte.

Uma das iniciativas é oferta de capital de giro de R$ 100 milhões somente neste ano, para que as transportadoras possam investir em tecnologia de gestão de frete e ter fôlego financeiro suficiente para manter e expandir suas operações.

A meta é injetar até R$ 300 milhões em capital de giro para as transportadoras até o final de 2020, informa Federico Vega, CEO da Cargo X. Há previsão para que outros setores da economia também sejam beneficiados.

De acordo com o Centro de Estudos de Economia Aplicada da USP (CEPEA), o agronegócio representa a maior parcela do PIB brasileiro.

O agronegócio é muito importante para o país e requer uma logística cada vez mais eficiente, comenta. “Aliando o aporte financeiro junto à tecnologia que já oferecemos, acredito estarmos contribuindo muito com o setor”.

O aporte já começou a ser implementado e, até o momento, R$ 7 milhões foram investidos em pequenas transportadoras.

De acordo com o executivo da Cargo X, a grande maioria (95%) das transportadoras no Brasil é de pequeno e médio porte.

Para oferecer esse capital, a startup reestruturou todas as suas operações no agronegócio. Além de oferecer capital de giro para transportadoras, a Cargo X passa a atender também as empresas embarcadoras.

A Cargo X anuncia o fechamento das unidades de transporte, focadas no atendimento ao setor agro, localizadas nos estados de Goiás, Mato Grosso, Pará e Paraná.

Em contrapartida, a Cargo X abriu apenas neste ano mais 100 vagas de emprego nas áreas de produto, vendas, operações, administrativa e de tecnologia da informação (abrangendo machine learning, Business Intelligence).

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes