Menu

LG apresenta em evento nova plataforma de Smart TV

LG apresenta em evento nova plataforma de Smart TV

Sistema webOS foi criado para tornar aparelhos simples de novo

 

Tecnologia ultrapassou a marca de um milhão de unidades vendidas

Na edição 2015 da International CES®, feira internacional de eletrônicos que acontece em Las Vegas de 6 a 9 de janeiro, a LG Electronics (LG) apresentará uma linha de televisores equipados com a tecnologia webOS 2.0, a mais nova plataforma de Smart TV da empresa.

O sistema webOS 2.0 da LG foi especificamente criado para realçar as funcionalidades-chave da atual geração de Smart TVs, diferente dos sistemas concorrentes. A empresa está trabalhando também com provedores de conteúdo, como Amazon e Netflix, para garantir aos proprietários de TVs LG uma grande variedade de opções de conteúdo, com a resolução 4K.

Criada para “Tornar a TV Simples de Novo”, a webOS foi originalmente desenvolvida em resposta à crescente frustração do consumidor com a excessiva complexidade das Smart TVs. Tendo por foco três funcionalidades abrangentes ― Simple Connection, Simple Switching e Simple Discovery ― a webOS tornou mais fácil do que nunca o uso dos moderníssimos sistemas das TVs de hoje.

Os consumidores abraçaram os esforços da LG, e as Smart TVs com webOS ultrapassaram a marca de um milhão de unidades vendidas dois meses após o lançamento, ocorrido no início deste ano, e venderam mais de 5 milhões de unidades em oito meses.

A webOS 2.0 da LG gerencia uma quantidade considerável de opções de conteúdo. A tecnologia oferece uma longa lista de melhorias, além de funcionalidades de destaque. O tempo de inicialização foi reduzido em até 60% e o acesso aos conteúdos ficou mais simples e rápido. Ao mudarem da tela inicial da Smart TV para o YouTube, por exemplo, os usuários notarão uma redução de até 70% no tempo de carregamento

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes