Segurança - Executivos Financeiros - Executivos Financeiros http://www.executivosfinanceiros.com.br Mon, 17 Jun 2019 10:55:39 +0000 Joomla! - Open Source Content Management pt-br Azion: oferta de plataformas de segurança multicamadas http://www.executivosfinanceiros.com.br/seguranca/6845-azion-oferta-de-plataformas-de-seguranca-multicamadas http://www.executivosfinanceiros.com.br/seguranca/6845-azion-oferta-de-plataformas-de-seguranca-multicamadas Azion: oferta de plataformas de segurança multicamadas

As soluções da empresa combinam várias medidas de proteção contra ameaças de diferentes tipos e origens

A Azion oferece soluções de segurança em múltiplas camadas, que combina várias medidas de proteção contra ameaças de diferentes tipos e origens.

Os clientes podem construir suas próprias regras de segurança em um modelo self-service, contanto com um  time de resposta a incidentes de segurança (Security Response Team) para garantir os melhores níveis de serviço, mesmo sob complexos ataques.

O serviço conta com funcionalidades para bloqueio contra ameaças de rede (IP, ASN, Geolocalização, entre outros) e aplicação (Web Application Firewall e Bot Management), além de outras técnicas para autenticação de usuários e devices, sem perder o foco em performance, tão importante em aplicações do mercado financeiro, e-commerces e mídia. 

Os registros e o monitoramento dos ataques podem ser feitos por meio do Real-Time Analytics da Azion, ou por um grande número de SIEMs (Security Information and Event Management). Conta também com serviços de Big Data conhecidos de mercado, que podem ser facilmente integrados à Azion.
Além de contar com 35 datacenters no Brasil, a plataforma da Azion inclui algoritmos para a detecção e mitigação dos mais complexos e variados tipos de ataques, como BGP Hijack e DDoS, e utiliza técnicas de roteamento de rede baseado em software (SDN Routing) e análise de pacotes de rede (DPI ou Deep Packet Inspection) em tempo real, no Edge da rede, que garantem baixo tempo de resposta e precisão na mitigação de ataques. 
A solução protege contra roubo ou alteração de informações e dados de aplicações, de identidade, exaustão de recursos ou indisponibilidade de serviços causados por ataques de volumetria.

De acordo com Marcus Grando, Chief Technology Officer da Azion, o tempo de resposta ao incidente é fator crítico para zerar ou reduzir o impacto ao serviço do cliente e prezamos, principalmente, pela construção de algoritmos para detecção e bloqueio automático de ataques. “Uma vez que a ameaça é identificada em tempo real, nosso Security Response Team acompanha as ameaças do início ao fim”, diz.

O executivo reforça que a proteção dos dados é imprescindível para preservar a reputação e a credibilidade das empresas que, no caso de violação de dados sensíveis, podem enfrentar prejuízos irreversíveis para a sua imagem.

A Azion conta com um portfólio de segurança completo e um time de resposta a incidentes com grande experiência, responsável pela segurança e disponibilidade de centenas das maiores empresas do Brasil, incluindo líderes dos mercados de e-commerce, financeiro, mídia e educação, destaca Rafael Umann, CEO da empresa.

“Construímos uma rede moderna, com capacidade global de mitigação de ataques superior a 4Tbps, além de uma cultura de software orientada a falha-zero. Nossa disponibilidade de serviço é maior do que qualquer outro provedor global de segurança ou cloud, o que tem nos proporcionado uma excepcional retenção de clientes ao longo de muitos anos, além de um crescimento superior a 60% ano após ano, em quase uma década”, diz.

Equipamentos ou softwares de segurança instalados em seu datacenter ou em ambientes de cloud computing já não são suficientes para as empresas preservarem a integridade, disponibilidade e a confiabilidade das informações.

Um levantamento feito pela Kaspersky no primeiro trimestre deste ano mostra que o volume de ataques de negação de serviço (DDoS, no jargão técnico) aumentou 84% no primeiro trimestre de 2019 em relação aos últimos três meses de 2018.

Já o relatório anual da Symantec deste ano mostra  que, entre as 157 nações analisadas, o Brasil foi classificado como o quarto país que mais sofre com crimes virtuais, ficando atrás dos Estados Unidos, China e Índia. 

]]>
Segurança Thu, 13 Jun 2019 00:00:00 +0000
Condomínio adota ferramenta de segurança da Senior http://www.executivosfinanceiros.com.br/seguranca/6838-condominio-adota-ferramenta-de-seguranca-da-senior http://www.executivosfinanceiros.com.br/seguranca/6838-condominio-adota-ferramenta-de-seguranca-da-senior Condomínio adota ferramenta de segurança da Senior

O projeto de controle de acesso e segurança foi personalizado para o Centro Empresarial Mario Garnero 

A Senior foi responsável pela implantação de um sistema de controle de acesso e segurança no Centro Empresarial Mario Garnero (CEMG), um complexo de duas torres de 19 andares cada, 310 vagas na garagem e 40 empresas. Localizado em São Paulo, recebe a visita diária de mais de 800 pessoas.

O projeto foi implementados em meados do ano passado. Na recepção, uma vez cadastrado, o visitante passa a ter uma credencial permanente de acesso ao prédio, podendo ser usada sempre que realizar um agendamento prévio com a empresa de seu contato.

As antigas catracas deram lugar a modernos bloqueios, onde é possível conferir que os crachás e cartões de visita dão lugar para os QRcodes.

De acordo com Carlos Alberto Pancioni, coordenador administrativo do CEMG, o projeto de acesso e segurança do local foi desenvolvido de forma personalizada para o CEMG, prevendo melhorias quanto a diminuição de filas para autorização de visitantes, com agendamento de visita virtual e relatório de dados individuais para cada condômino.

“Desta forma, a recepção ganha agilidade e mantém a segurança com alta descrição de informações, incluindo, data, hora, tempo de permanência e empresa acessada pelo visitante”, destaca.

Outra preocupação na otimização dos processos de recepção foi quanto aos relatórios, que oferecem controle de abrangência, com dados individuas e restritos para cada empresa alocada no condomínio.

“O controle destas visitas fica por conta de cada empresa, que passa a ter também de forma digital, uma agenda online para seus visitantes. Essas informações de acessos podem, inclusive, ser mapeadas pelas empresas sempre que necessário. É uma forma de apuração para casos de eventualidades”, explica o executivo.

]]>
Segurança Thu, 13 Jun 2019 00:00:00 +0000
Logicalis mostra pacote de soluções para setor financeiro http://www.executivosfinanceiros.com.br/seguranca/6817-logicalis-mostra-pacote-de-solucoes-para-setor-financeiro http://www.executivosfinanceiros.com.br/seguranca/6817-logicalis-mostra-pacote-de-solucoes-para-setor-financeiro Logicalis mostra pacote de soluções para setor financeiro

As ofertas são destinadas às áreas de segurança, inteligência financeira e atendimento aos usuários

A Logicalis apresenta as suas soluções de inteligência financeira e de segurança física e virtual no Ciab Febraban, que começou nesta terça-feira, 11, em São Paulo.

A empresa desenvolve e integra soluções e ferramentas alinhadas aos desafios de negócio, desde a infraestrutura para suportar as operações até tecnologias disruptivas que permitam melhorar a experiência do cliente ou, até mesmo, a criação de novas ofertas.

Com forte presença no segmento financeiro, a Logicalis tem em sua base de clientes os principais bancos do país. “Buscamos sempre aprimorar nossas ofertas, utilizando tecnologias inovadoras, como IoT (internet das coisas) e Inteligência Artificial, para garantir que estamos acompanhando a evolução e as necessidades do setor", explica Anderson André, diretor-executivo de vendas da Logicalis.

Um dos destaques da empresa para o setor é a solução de inteligência financeira que possibilita aos bancos terem maior visibilidade dos riscos de concessão do seguro rural e do crédito agrícola.

De acordo com André, apesar de o agronegócio representar um terço do Produto Interno Brasileiro (PIB), o seguro rural é um produto sub-utilizado no Brasil.

Isso acontece especialmente devido ao risco associado – fatores climáticos, demanda de mercado externo e interno, doenças, pragas, entre outros, diz.

“Acreditamos que nossa solução pode ajudar bancos e seguradoras a criar novos produtos que apoiam o produtor rural de forma consistente e sustentável”, completa o executivo.

A Logicalis também levará ao CIAB suas tecnologias de segurança para estabelecimentos. O monitoramento de agências, por exemplo, conta com câmeras, sensores, reconhecimento facial e reúne todas essas informações em um dashboard.

O objetivo é automatizar o processo de gestão dessas tecnologias, garantir a segurança patrimonial do ambiente do cliente e reduzir o custo operacional das empresas, otimizando a tomada de decisão.

Para melhorar a experiência do cliente, a Logicalis apresentará um robô de atendimento, que responde a comandos, utilizando inteligência artificial e machine learning.

Com ele, é possível oferecer um atendimento ágil e personalizado aos consumidores.

 

]]>
Segurança Tue, 11 Jun 2019 00:00:00 +0000
Cisco mostra soluções para transformação digital http://www.executivosfinanceiros.com.br/seguranca/6813-cisco-mostra-solucoes-para-transformacao-digital http://www.executivosfinanceiros.com.br/seguranca/6813-cisco-mostra-solucoes-para-transformacao-digital Cisco mostra soluções para transformação digital

As ferramentas permitem que as empresas entreguem experiências personalizadas

Soluções de colaboração, datacenter, rede e segurança faz parte do pacote de ofertas que a Cisco apresentará no Ciab Febraban, que começa nesta terça-feira, 11, em São Paulo.

A soluções serão apresentadas de forma integrada por meio de uma plataforma chamada Multi-Domain Architecture, que conecta o usuário com qualquer device, rede ou aplicação, de forma segura.

O objetivo é mostrar como as soluções da Cisco trabalham de forma interligada e permitem que as empresas tenham à sua disposição ferramentas para entregar experiências mais personalizadas e eficientes para funcionários e clientes, unindo o espaço físico ao digital e atuando como importantes agentes nas indústrias.

Um dos destaques da companhia no evento é Espaço de Colaboração, que vai simular o que há de mais inovador nos espaços de trabalho colaborativo.

De dentro de uma sala de reunião, estabelecida com o conceito de contêiner, será apresentada uma solução de room kit, com diversas possibilidades de interação em vídeo, como agendamento, start de sessões com um toque e compartilhamento wireless de informação entre participantes.

Os destaques estão nas novidades em colaboração cognitiva, como a Face Recognition, que permite reconhecimento facial em salas de reuniãoe o People Insight, que apresenta um resumo dos perfis e informações dos participantes de uma reunião baseados em dados que são coletados do perfil profissional e dos diretórios das empresas.

Outro destaque é o Webex Assistant, que funciona como um assistente inteligente para iniciar reuniões e fazer chamadas a partir de uma tecnologia chamada de intelligent proximity, que reconhece quem entrou na sala de reunião e acessa o calendário pessoal e agenda de contatos do usuário.

O espaço de colaboração da Cisco contará com o Cisco Webex Board 55 e Webex DX80, com soluções de contact center.

Outra tecnologia apresentada é um mapa de calor personalizado, da Cisco Meraki, que consegue identificar quais áreas, e, portanto, produtos, que atraem a atenção dos usuários por mais tempo, podendo assim tornar toda a experiência mais personalizada e eficiente das agências e lojas do varejo.

No pilar de datacenter, a Cisco apresentará a mudança de conceito, “saindo de um ponto físico único para um mundo de multiclouds, de forma simples e segura”. A empresa vai mostrar as possiblidades, tanto para cloud privada quanto pública, de acordo com a necessidade do negócio.

Já em App Dynamics, o objetivo é destacar soluções que otimizam a experiência do cliente com foco no que a Cisco pode agregar ao ambiente de negócios.

As inovações permitem que a empresa conheça melhor seu consumidor e tragam benefícios em termos de negócios para a empresa e cliente, usando soluções baseadas nas tecnologias de Inteligência Artificial e Machine Learning.

Além disso, a demonstração trará uma integração com uma solução chamada ACI, que mostra como estas soluções funcionam em uma infraestrutura de rede.

No pilar de Enterprise Network, por sua vez, será apresentado como a rede SD-WAN, da Cisco, permite montar espaços rapidamente e habilitar novas soluções que proporcionam melhor experiência para o cliente, além de colaborar com a redução de custos para as empresas.

Além disso, haverá demonstrações de novas soluções de conectividade da Cisco, como o OpenRoaming, que permite conexão automática a uma rede Wi-Fi de forma transparente e segura.

]]>
Segurança Tue, 11 Jun 2019 00:00:00 +0000
99 lança novo pacote de segurança http://www.executivosfinanceiros.com.br/seguranca/6812-99-aumenta-seguranca-de-aplicativo-de-transporte http://www.executivosfinanceiros.com.br/seguranca/6812-99-aumenta-seguranca-de-aplicativo-de-transporte 99 lança novo pacote de segurança

A plataforma notifica o motorista sobre passageiros frequentes e analisa o histórico de quem faz a chamada

A 99, empresa brasileira de transporte urbano que integra a companhia global DiDi Chuxing, lançou um pacote de funcionalidades para aumentar os níveis de comodidade e proteção da plataforma.

O aplicativo passa a disponibilizar a opção de o passageiro adicionar paradas na mesma viagem e também notifica o motorista sobre usuários frequentes.

Com a nova funcionalidade, o passageiro agora pode adicionar até duas paradas em uma única corrida e também tem a liberdade de alterar os locais durante o trajeto.

A alternativa traz mais comodidade para o usuário, que também pode compartilhar o caminho da corrida com familiares e amigos, além de dar ao motorista a possibilidade de se programar melhor durante a viagem.

Outra ferramenta revelada pelo aplicativo notifica o motorista sobre passageiros frequentes, analisando o histórico de quem faz a chamada e avisando ao condutor que aceitar a corrida.

O motorista pode reportar incidentes pela função de segurança do aplicativo, caso ache necessário.

Para Lívia Pozzi, líder de segurança em operações da 99, as novidades vão trazer mais proteção e tranquilidade aos passageiros e motoristas do app. “O foco é identificar novas oportunidades e trazer soluções personalizadas para cada necessidade”, afirma.

As funcionalidades implementadas fazem parte de um conjunto de investimentos robustos em tecnologia para tornar a experiência do motorista e usuário mais segura e com foco em prevenção.

Entre os recursos disponíveis estão o reconhecimento facial, rastreador de comentários contra assédios, um botão de emergência para situações imediatas e monitoramento por câmeras, por exemplo.

O uso da tecnologia é importante para inovar, mas a empresa também tem uma relação humanizada para cada tipo de situação.

 

 

]]>
Segurança Tue, 11 Jun 2019 00:00:00 +0000
Hackers aplicam golpe da CIA para extorquir vítimas http://www.executivosfinanceiros.com.br/seguranca/6795-hackers-aplicam-golpe-da-cia-para-extorquir-vitimas http://www.executivosfinanceiros.com.br/seguranca/6795-hackers-aplicam-golpe-da-cia-para-extorquir-vitimas Hackers aplicam golpe da CIA para extorquir vítimas

Os golpistas exigem pagamento para excluir nome da vítima de suposta investigação sobre pedofilia online

A criatividade dos hackers não tem limites quando realizam ataques com o objetivo de obter ganhos financeiros.

O golpe mais recente diz respeito a um esquema de extorsão sexual. Os autores se passam por agentes corruptos da agência de inteligência dos Estados Unidos, a CIA, e exige o pagamento de US$ 10 mil em bitcoin de vítimas cujos nomes, segundo eles, foram encontrados em uma investigação de pedofilia online.

O esquema foi descoberto por pesquisadores da Kaspersky, especializada em cibersegurança. Não se sabe quantas pessoas caíram no golpe até o momento.

Segundo a empresa, o falso agente da CIA afirma dispor, também, de dados dos familiares da vítima, assim como seu endereço de trabalho. E se oferece para apagar todos os rastros da vítima na investigação em troca do pagamento.

Esquemas de extorsão com ameaças de expor o interesse da vítima em pornografia não são novos. Na maioria dos casos, as mensagens utilizam informações obtidas em violações de dados anteriores.

Segundo a Kaspersky, muitas vezes, os e-mails são fáceis de identificar por serem mal elaborados e terem erros de ortografia. Entretanto, o e-mail CIA sextortion descoberto pelos especialistas da Kaspersky é diferente, pois seu texto e seu layout são bem-feitos, além de ostentar a cópia de um logotipo da CIA.

A mensagem parece vir de um agente corrupto da CIA envolvido no Caso nº 45361978, “uma grande operação internacional estabelecida para prender mais de 2.000 suspeitos de pedofilia em mais de 27 países”.

O golpista afirma que os dados de contato da vítima e de seus familiares estão incluídos em uma lista mantida pela operação e se oferece para excluí-los em troca do pagamento de US$ 10 mil em criptomoeda.

Para Tatyana Shcherbakova, pesquisadora de segurança da Kaspersky, mensagens como essa podem ser aterrorizantes para os destinatários.

Os fraudadores exploram o fato de que, no mundo digital, erros acontecem e os nomes das pessoas acabam no lugar errado. “Pessoas inocentes podem se dispor a pagar ou a entrar em contato com o atacante para evitar possíveis danos a sua reputação e seus relacionamentos”, afirma.

Segundo a pesquisadora, a maioria desses e-mails é falsa e é pouco provável que os criminosos tenham as informações ou provas que dizem ter. “Provavelmente, o destinatário é um de milhares que recebem a mesma mensagem. Felizmente, existem sinais que indicam o golpe e medidas que você pode tomar para se proteger”, diz.

A recomendação é não entrar em pânico. Além disso, as pessoas não devem responder a mensagem e não fazer nenhum pagamento, acrescenta Tatyana.

Os especialistas da Kaspersky recomendam reagir da seguinte maneira:

- Marcar a mensagem como spam, para que o filtro do e-mail consiga detectá-la em uma próxima ocasião. Logo em seguida, excluir a mensagem.

- Não clicar em links contidos em e-mails vindos de pessoas ou organizações que você não conhece ou que têm endereços suspeitos ou estranhos. 

- Não entrar em contato com os criminosos e não fazer nenhum pagamento. Uma resposta mostra que a conta de e-mail está ativa e você provavelmente começará a receber mais spams. Se fizer o pagamento, você será marcado como uma vítima que vale a pena para obter mais dinheiro. 

- Para ter proteção abrangente contra diversas ameaças, utilizar uma solução de segurança confiável.

]]>
Segurança Fri, 07 Jun 2019 00:00:00 +0000
TransUnion apresenta soluções de segurança no Ciab http://www.executivosfinanceiros.com.br/seguranca/6794-transunion-apresenta-solucoes-de-seguranca-no-ciab http://www.executivosfinanceiros.com.br/seguranca/6794-transunion-apresenta-solucoes-de-seguranca-no-ciab TransUnion apresenta soluções de segurança no Ciab

As novidades da empresa contemplam ferramentas de análises de dados e identificação de fraudes

A TransUnion marca presença no Ciab Febraban 2019, que acontece de 11 a 13 de junho, em São Paulo, para mostrar o seu portfólio de ofertas que ajudam empresas de diversos setores a compreenderem melhor o comportamento de seus consumidores, desenvolver ofertas personalizadas e expandir a operação o mercado.

Uma das novidades da empresa é o IDVision with iovation, cuja aplicação automatiza a checagem de informações de identificação, localização e contato fornecidas pelo consumidor, permitindo maior precisão na identificação de fraude.

A empresa também apresentará soluções que analisam dados alternativos para interpretar o comportamento e avaliar o risco de novos clientes; de marketing services, que melhoram a jornada do consumidor desde a prospecção até a manutenção do relacionamento.

As novidades incluem soluções que automatizam processos manuais de decisão e aumentam a eficiência operacional dos back offices.

Para Juarez Zortea, presidente da TransUnion no Brasil, o mundo vive um cenário de transformação, em que clientes sempre conectados se destacam pelo alto índice de uso da tecnologia, exigindo de empresas de todos os segmentos maior atenção para a jornada de consumo.

“Isso revela a importância de as empresas contarem com soluções inovadoras de análise de dados alternativos para compreender os novos consumidores”, afirma.

Segundo o executivo, em um mercado com uma grande parcela de pessoas ainda sem acesso a serviços financeiros, estas soluções criam oportunidade para a inclusão financeira e para o desenvolvimento da economia em geral.

 

]]>
Segurança Fri, 07 Jun 2019 00:00:00 +0000
Sistemas industriais entram na mira dos ataques virtuais http://www.executivosfinanceiros.com.br/seguranca/6780-sistemas-industriais-entram-na-mira-dos-ataques-virtuais http://www.executivosfinanceiros.com.br/seguranca/6780-sistemas-industriais-entram-na-mira-dos-ataques-virtuais Sistemas industriais entram na mira dos ataques virtuais

Os ataques tiveram início com o processo de integração desse ambiente com os dispositivos de TI

Os sistemas industriais (TO) passaram a ser alvo de hackers com o processo de integração com dispositivos de tecnologia da informação (TI).

Os ataques são realizados com o objetivo de roubar segredos comerciais, interromper operações ou até cometer atos de terrorismo cibernético contra infraestruturas críticas.

Uma pesquisa com líderes de TO, 77% dos entrevistados relataram uma invasão de malware no ano passado e metade deles sofreram entre três e dez.

A natureza dessas invasões é preocupante: os entrevistados relatam eventos que afetaram a produtividade (43%), receita (36%), conhecimento de marca (30%), perda de dados (28%) e até segurança física (23%).

Para entender melhor o estado da segurança dos sistemas de TO, a Fortinet publicou recentemente um relatório que analisa as tendências de segurança das redes de TO.

O Relatório Fortinet de Tendências da Segurança de Tecnologia Operacional de 2019 analisou dados coletados de milhões de dispositivos Fortinet para compreender o estado da cibersegurança de sistemas SCADA e outros sistemas de controle industrial.

Essa análise encontrou muitos ataques a sistemas de TO que parecem ter como alvo dispositivos mais antigos que rodam software não atualizado, indicando que as redes de TO estão cada vez mais visadas por ataques legados baseados em TI que não são mais eficazes contra as redes de TI.

Além dos ataques de TI reciclados que são lançados em dispositivos de TO não corrigidos ou não atualizados, muitos desses ataques aproveitam as complexidades causadas pela falta de padronização de protocolo e pela confiança implícita que parece existir em muitos ambientes de TO.

Essa tendência não está limitada a localidades ou setores específicos. Os atores de ameaças que visam os ambientes de TO claramente não fazem distinção de setor ou geografia, pois cada setor e região registrou um aumento significativo no número de ataques.

Os cibercriminosos visam os dispositivos com uma ampla variedade de protocolos de TO instalados. Os sistemas de TI usam o padrão TCP/IP, mas os sistemas de TO usam uma ampla variedade de protocolos, muitos dos quais são específicos conforme as funções, setores e geografias.

Isso pode gerar alguns desafios, pois os gerentes de segurança precisam criar sistemas diferentes para proteger seu ambiente.

O relatório da Fortinet mostra que os riscos associados à convergência de TI/TO são reais e precisam ser levados a sério por qualquer organização que já tiver começado a conectar seus sistemas industriais às suas redes de TI.

Os agentes mal-intencionados podem extrair o valor máximo de cada nova ameaça que eles desenvolvem, explorando sistemas desprotegidos e vulnerabilidades de redes e tecnologias muito antigas ou muito recentes.

Eles também devem continuar explorando os lentos ciclos de substituição e as tecnologias legadas que provavelmente permanecerão em uso por anos. A melhor maneira de combater essa nova realidade é adotando e implementando uma abordagem estratégica abrangente que simplifica a solução e envolve especialistas de TI e TO de toda a organização.

 

]]>
Segurança Thu, 06 Jun 2019 00:00:00 +0000
Usuários não sabem identificar ameaças virtuais, diz estudo http://www.executivosfinanceiros.com.br/seguranca/6778-usuarios-nao-sabem-identificar-ameacas-virtuais-diz-estudo http://www.executivosfinanceiros.com.br/seguranca/6778-usuarios-nao-sabem-identificar-ameacas-virtuais-diz-estudo Usuários não sabem identificar ameaças virtuais, diz estudo

No Brasil, 8,9 milhões de pessoas foram vítimas de fraudes entre março de 2018 e o mesmo mês deste ano

Os ataques na internet seguem fazendo vítimas e uma das razões é que os usuários, muitas vezes, não sabem como identificar ou se proteger das ameaças onlines.

É o que conclui o estudo “SOS para crimes cibernéticos: construindo a confiança do consumidor diante das ameaças online”, realizado pela Affinion com 13 mil pessoas em 12 países.

De acordo com o levantamento, 33% dos entrevistados não sabem que é perigoso usar a mesma senha em várias contas. Além disso, 54% das pessoas ouvidas desconhecem o que atesta a segurança de um site na internet.

A média de preocupação com segurança cibernética nos países pesquisados é de 61%. No Brasil, a taxa gira em torno de 87%. Mesmo assim, o número de brasileiros vítimas de ataques virtuais é grande.

Segundo a Confederação Nacional dos Dirigentes Logistas (CNDL) e o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), 8,9 milhões de brasileiros sofreram algum tipo de fraude virtual de março de 2018 a março de 2019.

Do total, 48% foram em transações ou compras na internet e 41% corresponderam a pessoas que tiveram o cartão de crédito clonado, a fraude mais comum.

Sobre a adoção de mecanismos de proteção na internet, Cesar Medeiros, country manager da Affinion, diz que, em muitos casos, se limitam a medidas básicas.

Segundo o executivo, 69% das pessoas ainda utilizam a proteção de software e 58% se valem do firewall, enquanto apenas 30% têm uma rede privada virtual (VPN) segura para acesso confiável a wi-fi público.

Apenas 16% aposta em medidas e soluções de segurança contra roubo ou fraude de identidade.

Para ajudar as empresas a se manterem seguras online e garantir uma experiência virtual confiável aos consumidores, a Affinion tem investido em sua plataforma Proteção Vida Digital.

“Estamos concluindo mudanças na plataforma para torná-la ainda mais completa e com novos serviços”, revela Mateus Bastes, gerente de produtos da Affinion.

O objetivo é oferecer uma experiência ao cliente ainda mais intuitiva e inteligente. A previsão é de que a nova Proteção Vida Digital esteja disponível no segundo semestre deste ano.

A ideia é que a solução funcione como um radar para prevenir, identificar o risco de navegação (de baixo a alto) e resolver ameaças virtuais.

Os clientes terão acesso a uma varredura completa de e-mails, informações pessoais, documentos de identificação e dados financeiros para evitar, por exemplo, a clonagem de cartão de crédito.

Recentemente, a plataforma Proteção Vida Digital da Affinion chegou à marca de 9 milhões de clientes. Os dados monitorados se dividem entre informações pessoais (70%), documentos (19%) e dados financeiros (11%).

 

]]>
Segurança Thu, 06 Jun 2019 00:00:00 +0000
Forcepoint inaugura centro de cibersegurança nos EUA http://www.executivosfinanceiros.com.br/seguranca/6762-forcepoint-inaugura-centro-de-ciberseguranca-nos-eua http://www.executivosfinanceiros.com.br/seguranca/6762-forcepoint-inaugura-centro-de-ciberseguranca-nos-eua Forcepoint inaugura centro de cibersegurança nos EUA

O objetivo é atender a demanda do mercado por soluções e serviços de segurança centrada em pessoas

A Forcepoint inaugurou um centro de inovação e desenvolvimento cibernético nos Estados Unidos, para atender a demanda do mercado por soluções de segurança centradas em pessoas.

O Cyber Experience Center representa um passo fundamental para estabelecer a Forcepoint como a parceira de cibersegurança mais confiável de grandes empresas e organizações governamentais em todo o mundo.

A decisão de expandir para Boston foi motivada pela reputação da cidade, que hoje é um importante polo de tecnologia, além de sua história de desenvolvimento em ciências da computação, e pelas muitas universidades de altíssimo nível presentes na área, as quais são responsáveis pela formação dos principais talentos do país na área de tecnológica.

A instalação de aproximadamente 5 mil metros quadrados tem uma área de exibição para uma experiência inovadora, interativa e imersiva na abordagem centrada em humanos e soluções de segurança convergentes que garantam um ambiente seguro e confiável onde colaboradores, empresas e organizações possam avançar em seus negócios.

Os visitantes poderão conhecer como a gestão da segurança através de uma lente centrada no comportamento é o grande diferencial necessário hoje para mitigar ciberataques antes mesmo que aconteçam e causem danos.

Além de desenvolver produtos que ofereçam as melhores ferramentas possíveis para cada empresa, o Cyber Experience Center também proverá serviços inovadores a cada cliente Forcepoint.

O novo centro de excelência global irá inovar e atualizar as aplicações e soluções existentes, como também criar novas junto à divisão de pesquisas em ciência comportamental, o Forcepoint X-Labs.

 

 

]]>
Segurança Mon, 03 Jun 2019 00:00:00 +0000