Menu

GTI desenvolve solução para seguro de vida em grupo

GTI desenvolve solução para seguro de vida em grupo

Sistema gera economia de tempo no trabalho interno das seguradoras

 

Programa agiliza todo o processo de movimentação de segurados

A GTI Solution desenvolveu um software que agiliza todo o processo de movimentação de segurados das apólices de seguro de vida em grupo. O módulo de movimentação de vidas integra o corretor ou a área de Recursos Humanos das empresas clientes com o sistema da seguradora. "O sistema gera economia de tempo no trabalho interno das seguradoras e libera boa parte da equipe para funções estratégicas e de análise do processo, por fazer toda a parte operacional", afirma o sócio-diretor da GTI Solution, Luiz Gil Andrade.

O sistema desenvolvido pela GTI Solution disponibiliza os dados atualizados da última fatura, permitindo a movimentação dos segurados com a validação das regras de negócios. Durante esse processo permite a visualização de prévias do valor da fatura, com o número de segurados ativos, o montante de capital segurado e o valor de prêmio que irá pagar. "Quando o corretor ou o RH dá o clique final, o sistema emite a fatura, o que também acelera o pagamento da comissão do corretor", detalha Andrade.

A utilização cada vez mais massiva de tecnologia na operação de seguros no Brasil é um fenômeno que visa dar escala, reduzir custos e ampliar o volume de vendas das companhias. Para o presidente do CVG/SP e diretor da cátedra de Seguros de Pessoas da ANSP, DilmoBantim Moreira, observa-se atualmente uma nova fase dessa evolução. "Estamos vendo um processo de descentralização da realização das atividades administrativas", afirma.

Na análise do especialista, o trabalho de tecnologia nas companhias de seguros não é realizado especificamente dentro das seguradoras. Hoje, corretores de seguros, prestadores de serviços e representantes de seguros executam diversas atividades eletronicamente, como pagamentos, por exemplo. "Não existe a participação humana material dentro do processo", constata Moreira.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes