Menu

iFood cria serviço que evita fila em restaurantes

iFood cria serviço que evita fila em restaurantes

Com o PraRetirar, o consumidor tem a opção de fazer o pedido pelo aplicativo e retirá-lo direto no restaurante 

O iFood começou a roda o serviço PraRetirar, pelo qual os consumidores têm a opção de fazer o pedido pelo aplicativo e retirá-lo direto no restaurante.

A vantagem é que, além de evitar de filas, os consumidores não precisam pagar taxas adicionais. Os restaurantes ganham mais eficiência na operação, no aumento no número de pedidos e se cria um ponto de contato com clientes gerados por essa nova ocasião de consumo.

Em testes desde o começo de junho, o serviço está disponível para restaurantes parceiros como o Gendai, Pizza Hut e Habib's, todos do Shopping União de Osasco (SP).

Para lançar a nova oferta, o iFood fez levantamentos globais do mercado de food service, e realizou pesquisas com restaurantes parceiros e consumidores.

Um cliente que está saindo do trabalho pode pedir o jantar pelo app, que já traz uma previsão do tempo preparo, e no caminho de casa, ele pode passar no restaurante”, exemplifica Jason Oh, Head de Novos negócios do iFood.

“O mesmo vale para quem está com pressa na hora do almoço e quer evitar filas: é possível fazer o pedido, pagar online e quando estiver pronto, o usuário recebe uma notificação para retirar sua refeição”, acrescenta.

Nessa primeira fase do piloto, o cliente pode trocar a opção de entrega e selecionar PraRetirar na Sacola. Em um segundo momento, quando o serviço estiver disponível em outras localidades, haverá um filtro já na tela de Descoberta, que trará todos os restaurantes disponíveis no PraRetirar.

Até o final de junho, o PraRetirar estará disponível em restaurantes selecionados na cidade de São Paulo. “O próximo passo será leva esse serviço para as principais capitais do país e algumas cidades do interior”, informa Jason.

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes