Menu

Itaú e CI&T falam sobre Transformação Lean Digital em webinar

Itaú e CI&T falam sobre Transformação Lean Digital em webinar

Um dos temas abordados são os pilares para se obter sucesso na transformação digital de grandes marcas

O Itaú Unibanco e a CI&T participarão de um webinar, programado para sexta-feira, 5, às 15 horas, para compartilhar aprendizados e impactos da Transformação Lean Digital na área de investimentos e cartões do banco. Inscrições para assistir o webinar são gratuitas.

Cláudio Sanches, diretor de produtos de investimentos e previdência do Itaú Unibanco, e Solange Sobral vice-presidente de operações da CI&T, abordarão as estratégias e execução do caso de sucesso “Driven by Impact”.

Dentre os temas que serão discutidos no webinar estão os pilares mais relevantes para se obter sucesso na transformação digital de grandes marcas:

1- Centralidade no cliente, nem sempre as propostas são aderentes aos consumidores

2- Dimensão de mercado, imprevisibilidade maior no mercado, mudança nas concorrências, monoline

3- Formação de times multidisciplinares (SQUADs) mais ágeis e autônomos para trabalharem juntos na resolução de problemas únicos

4- Oferta adequada ao cliente, com a entrega e experiências que gerem valor para ele

No processo de transformação digital é essencial que todas as áreas e profissionais envolvidos tenham voz para compartilhar ideias, propor novos modelos de negócio, sem medo de expor erros, diz Sanches.

Segundo ele, nesse contexto, ousadia, humildade e resiliência são fundamentais. “Com o Lean como metodologia de trabalho é possível reduzir ciclos dos processos e obter resultados de impacto a cada 90 dias”.

De acordo com Solange, há mais de uma década a CI&T tem aplicado o Lean para transformar os próprios negócios da CI&T.

Desse aprendizado nasceu a nossa oferta de Transformação Lean Digital, que tem acelerado e impactado os negócios de grandes marcas, como o Itaú Unibanco.

“Com o avanço da tecnologia, ampliam-se os acessos dos consumidores às informações e, com isso, as pessoas passam a ter mais dados e menos fidelização com relação às marcas. Também há muitas empresas departamentalizadas, com evidentes divisões de operações. Por isso, é vital quebrar silos e programas de incentivos não integrados, que trazem baixa agilidade e economia apenas na ponta, não em escala”, destaca.

Para a executiva, as grandes companhias estão começando a se movimentar nessa direção, mas para que a transformação digital aconteça o cliente deve estar no centro da jornada e as equipes devem trabalhar juntas, de forma colaborativa e com autonomia, dedicadas em resolver uma mesma questão do negócio.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Finanças

TI

Canais

Executivos Financeiros

EF nas Redes